anterior
Tweet about this on TwitterPin on PinterestShare on LinkedInShare on Google+Email this to someoneShare on Facebook
QR CODE

Entenda o porquê de traduções nem sempre funcionarem na língua inglesa

Você já tentou fazer uma tradução do inglês para o português e ficou meio esquisita a sua tradução?

Homem idoso não sabe que tipo de emoção expressar Foto gratuita

Foto: freepik.com

Pois é! Vou te explicar o porquê de isso acontecer e trazer uma luz para você que pretende trabalhar como intérprete/tradutor ou que quer potencializar ainda mais seus estudos do idioma.

 

Isso acontece porque somos nativos da língua portuguesa, que tem origens muito distantes da língua inglesa. É uma outra forma de pensar; outra visão de mundo!

Sabido disso, eu costumo dizer que “tradução” é algo mais literal e específico para a parte escrita, enquanto “interpretação” é algo que pode ser influenciada por vários fatores, entre eles:

  • educação
  • formação cultural
  • contexto
  • vivências
Bolhas do discurso de papel colorido sobre fundo azul de madeira Foto gratuita

Foto: freepik.com

Vou dar um exemplo bem interessante aqui: Você já ouviu a expressão “Volte sempre“?

É uma expressão popular para desejar que a pessoa volte mais vezes naquele lugar; que ela é bem-vinda. Se você for fazer uma tradução literal, mesmo que respeitando algumas regras gramaticais, fica:

  • volte = get back
  • sempre = always

Always get back (?!)

Fica uma tradução esquisita, pois parece que você está falando que a todo tempo a pessoa volta naquele lugar e não de que ela é bem-vinda a retornar, que você deseja que ela volte mais vezes naquele lugar…

Você percebeu que fazer uma tradução para o inglês pode talvez não passar a mensagem correta? A tradução literal não passou a mensagem correta no nosso exemplo porque em inglês há uma expressão específica para isso:

 

Thank you for your business.

(obrigado por seu negócio).

 

Obrigado por fazer negócio? O “Volte sempre” que vemos em lojas, por exemplo, não existe em inglês no mesmo sentido que no português, pois já há uma expressão para esse tipo de situação em inglês.

Bom, lembra que eu falei que o inglês e o português têm origens diferentes e, por isso, formas diferentes de pensar? Sendo assim, é impossível 100% das frases serem traduzidas de forma literal e ainda expressarem o mesmo sentido.

Mas entendendo ou não a origem da frase, se você fizer a tradução literal de “thank you for your business” para o português, fica estranho e não soa natural. Por isso que o trabalho de um intérprete é pegar a mensagem original em um idioma e transmitir a ideia de uma forma natural e fluente para o outro idioma.

 

Mais exemplos

Vou dar alguns outros exemplos de expressões em português que tem a sua versão em inglês e que, se traduzidas de volta para o português, podem não fazer sentido:

  • No matter how… Mesmo que/Por mais que:(não importa como): No matter how hot it is, you can have a cold lemonade to cool off.
  • I know the ropes! Eu manjo, sei fazer! (conheço as cordas)
  • I could care less! Tô nem aí! (Poderia me importar menos)
  • It’s hands down the best song ever! Essa é de longe a melhor música! Essa é a melhor música mãos pra baixo (q?)
  • It’s raining dogs and cats out there! Tá caindo o mundo lá fora (chuva)!  (Está chovendo cães e gatos lá fora!)
  • I love pizza, big time! Eu amo pizza pra caramba! (Eu amo pizza, grande tempo!)
  • Fat chance. As chances são mínimas: (chance gorda)
  • I’m under the weatherTô bem na fossa. (Estou sob o clima) ???? Essa não faz sentido mesmo! rs
  • The day before yesterday… Anteontem… (O dia antes de ontem)

 

Resumindo

Expressões nem sempre dão pra traduzir. Você tem que conhecer uma expressão no outro idioma que transmita a mesma ideia, mesmo que a tradução pareça completamente maluca.

Essas expressões estão presentes em músicas, filmes, séries etc. Quanto maior for o seu contato com o idioma, maior fica o seu acervo.

Por isso, nunca deixe de manter contato com o idioma!

Todos os dias, nem que seja ouvindo uma música nova ou vendo alguma série, você está em contato com o idioma e isso facilita criar conexões. Quando você for ver, estará pensando em inglês de forma automática, sem a necessidade de ficar traduzindo.

Conceito de linguagem com design plano Vetor grátis

Imagem: freepik.com

E aí? curtiu a dica de hoje?

Espero ter ajudado nos seus estudos com esse post hands down! \o/


Sobre o Autor

euo

Oh! Hello! I’m the Doctor! Fala, galerinha! Eu sou o Erik Sartor, coordenador de cursos em São Miguel Paulista. Sou paulistano, vegetariano e apaixonado pela Irlanda e Doctor Who. Até a próxima!

Postagem Relacionada

Inglês: Os Sotaques
Olá, pessoal! Eu sou a Teacher Helô da Evolutime Mogi, e hoje vim falar de algo