anterior
Tweet about this on TwitterPin on PinterestShare on LinkedInShare on Google+Email this to someoneShare on Facebook
QR CODE

Recuperando arquivos excluídos do HD, Pen Drive, SD ou MP3 Player

O primeiro passo é relembrar o que é um HD e qual a sua função.

A sigla HD vem da palavra em inglês “Hard Disk” (Veja um pouco mais sobre HD na Wikipedia), que significa disco rígido, e sua função é a de armazenar todos seus arquivos e informações, como por exemplo o seu Sistema Operacioal (S.O.), suas fotos, vídeos, dentre outros. Esse dispositivo consegue salvar suas informações através de discos (ou também conhecidos como pratos) recobertos por uma camada magnética que estão fixos em um eixo/motor responsável por faze-los girar (quanto maior a velocidade de rotação do motor girando os pratos, melhor será o desempenho de seu HD), estes discos tem as informações salvas através da cabeça de leitura (peça responsável por ler e gravar os dados nos discos magnéticos), que é sustentada por um braço mecânico, que é movido por um atuador que utiliza uma bobina dentro de um campo magnético, gerado por um imã. Dependendo da direção da corrente da bobina o braço movimenta-se para um lado ou para o outro. Assim podemos concluir que o nosso querido HD também possui peças, onde seu funcionamento é unicamente mecânico.

Os discos magnéticos conseguem salvar informações em si, graças a divisões “imaginárias”, que são as famosas trilhas. Podemos imaginar cada trilha como uma camada do disco, onde ainda possui mais uma divisão, que são os setores, quando salvamos um arquivo e/ou dado em nosso HD, o mesmo divide esse dado em várias partes, partes estas que são gravadas separadamente em cada setor, não necessariamente em ordem.

Quando formatamos o nosso HD ele não apaga as informações contidas nos setores e apenas as substitui, assim podemos recuperar informações do HD logo após formata-lo. Para isso existe uma série de programas para nos ajudar a alcançar nosso objetivo. Um deles é o mundialmente conhecido Recuva.

Através dele podemos recuperar dados de HD e pen-drive que foram recentemente formatados. Antes de recuperar nossos arquivos, instalamos nosso “salvador da pátria”. Ao clicar no ícone do instalador ele irá abrir a caixa de texto:

Selecione o seu idioma (no nosso caso “Português Brasileiro”), em seguida clique em “OK”, ele iniciará o assistente de instalação. Clique em “Próximo” para prosseguir com a instalação.

Ele irá mostrar os termos de sua licença, leia seus termos e clique em “Eu Concordo”, para que possamos continuar.

Feito isso, ele nos mostrará algumas opções para atualizar automaticamente e adicionar alguns atalhos, podemos desmarcar a primeira e segunda opção, clique em próximo.

Ele lhe dará também a opção de instalar em conjunto o “Google Chrome”, se desejar essa instalação deixe habilitada as duas caixas de texto, caso contrário desmarque-as e clique em “Instalar”.

Instalando…

Após sua rápida instalação o programa está pronto para uso, se você optar por não visualizar as Notas de Lançamento, desmarque sua caixa e clique em “Terminar” para começar a recuperação.

Ao clicar no ícone do programa, ele irá abrir um assistente de recuperação, clique em “Avançar” para iniciarmos o processo.

Devemos escolher que tipo de arquivo queremos recuperar, atente que ao selecionar a opção “Outros”, ele mostrará todos os arquivos possíveis que ele encontrar, uma vez escolhida a opção desejada, clique em “Avançar”.

Em seguida, escolha a origem – ou seja de onde você pretende recuperar seus dados – escolhendo a última opção você pode alterar a letra do local desejado.
Lembrando que é possível recuperar dados de um pen drive, SD (cratão de memória da máquina fotográfica ou celular), MP3… Basta escolher a última opção “Outros”, clicar em “Navegar” e escolher o que deseja recuperar, feito isso clique em “Avançar”.

O Recuva lhe mostrará uma nova janela pedindo para iniciar a busca, porém antes disso, marque a opção para ativar a verificação profunda, agora sim clique em “Iniciar”.

Ele irá iniciar a busca, é um processo que demora um pouco.

Ele exibirá uma nova janela mostrando todos os arquivos encontrados, selecione os arquivos desejados pra recuperar e clique em “Recuperar”.

Ao clicar em “Recuperar”, selecione o local onde os arquivos recuperados serão salvos e clique em “OK”. Pronto!
Feito isso, você terá seus arquivos de volta a seu computador e viverá feliz para sempre até que o próximo vírus infecte seu computador.
Aguardem pelos próximos post’s, com mais dicas para salvá-los em situações de apuros como essa.

Próximo

Postado por