anterior
Tweet about this on TwitterPin on PinterestShare on LinkedInShare on Google+Email this to someoneShare on Facebook
QR CODE

Quanto cobrar por serviços de manutenção de computadores?

Muitos nos perguntam quanto cobrar por um determinado serviço, isso é algo muito pessoal, de cada profissional da área.

Alguns, por exemplo, preferem cobrar pelo tipo de serviço prestado ao cliente. Em uma visita, o técnico identifica que o problema é apenas o cabo de energia solto da tomada (por incrível que pareça é algo que acontece), então ele decide cobrar apenas um valor simbólico de R$10,00, achando coerente pelo serviço prestado. No mesmo caso, outro técnico prefere cobrar o valor combinado pela visita, R$ 70,00.

Quem está certo?

Difícil dizer. Aquele que cobrou R$ 70,00 tem seus motivos, como deixar de ganhar com outro atendimento no mesmo horário, enquanto que o outro alega que não tem como cobrar por algo que não fez. No meu caso, a primeira opção, acho a mais justa, ou seja, cobrar o serviço combinado, pois como foi dito posso estar deixando de ganhar se estivesse atendendo outra pessoa, por este motivo, acredito que independente do motivo e do problema o que é combinado com antecedência não sai caro. E nem vai causar problemas futuros.

 Aconselho a você criar uma tabela de preços pelos diversos tipos de atendimento que fará como: residencial simples, residencial com rede, comercial com rede básica e comercial com rede complexa.

Exemplo de uma tabela de preços simples:

Manutenção de Notebook

Não podemos nos esquecer de colocar preços específicos para notebooks, afinal temos um trabalho maior na atenção, no conhecimento e no manuseio de peças, além de termos mais dificuldades na instalação dos drivers, normalmente tendo de recorrer a internet para consegui-los e com isso mais trabalho e dores de cabeça.

Nós devemos, também, ter em mente que temos que estar sempre atualizados, pois em nossa área sempre haverá recursos novos no mercado. Também não podemos nos esquecer de ter um material de trabalho adequado: programas, ferramentas, alguns acessórios como fonte extra, pente de memória, placa de vídeo, multímetro, cabos de conexão, HD sobressalente e pen drive. Falando em ferramentas temos vários tipos no mercado, basta procurar a que convém, com acessórios adequados ao trabalho, não se esquecendo das pinças, alicates, chaves de boca, Philips e de fenda.

figura: Kit de Ferramentas para Manutenção de Microcomputadores.

Com tudo isso, podemos enfim dizer que cobramos pelo nosso serviço e atendimento, o valor que ele vale, principalmente quando procedemos como bons profissionais da área e não deixando dúvidas quanto aos procedimentos realizados. Jamais deixar de cobrar e jamais diferenciar amizade de trabalho para que no futuro não criemos confusão com clientes. Cobre o justo, seja honesto e principalmente, se valorize.

Próximo

Postado por

Tem 26 anos. É formado em Análise e Desenvolvimento de Sistemas pela UNIMONTE, atualmente leciona Hardware e TI na Microcamp de Santos. É apaixonado pelo mundo Linux. Também faz trabalhos como web design e design gráfico. Se considera um músico de bom gosto e adepto a um bom livro de ficção.

Postagem Relacionada

Exercício Prático – MS Word
Olá pessoal, tudo bom? Hoje vamos colocar a mão na massa e aplicar alguns conceitos