anterior
Tweet about this on TwitterPin on PinterestShare on LinkedInShare on Google+Email this to someoneShare on Facebook
QR CODE

Prepare sua espada !!! O que é RPG?

rpg

Atualmente reconhecido como um gênero de jogos de vídeo game, o RPG tem uma base muito mais profunda do que você imaginava!

Se você adorava quando criança ouvir e contar histórias, o que você acha de fazer parte de uma? Você pode ser o herói da história ou até quem sabe o vilão? Tudo é possível quando jogamos RPG, além de nos ajudar em coisas como: leitura, interpretação, inglês, criatividade e raciocínio são apenas algumas das coisas que o RPG nos ensina da melhor forma… Nos divertindo!

Conceito de RPG

RPG ou Tabletop RPG (RPG de mesa como é conhecido aqui) em inglês quer dizer “Role-Playing Game” que significa “Jogo de interpretação de papéis (de personagens)” ou seja, é um jogo de atuação aonde criamos um personagem e o interpretamos, sim isso mesmo! Vivemos na pele do personagem que criamos. Ele é jogado mais ou menos como um jogo de tabuleiro porém totalmente diferente ao mesmo tempo, pois, por vezes o tabuleiro é apenas uma forma de ajudar a visualizar o que está acontecendo no momento.

rpg1

Um tabuleiro de RPG, é sempre opcional, mas ajuda bastante. Caso não tenha um pode-se sempre desenhar um tileset como esse da foto

O que o RPG tem de bom?

Diferente dos outros jogos, o RPG não tem um limite de jogadores e também não possui um fim. Pois o RPG é uma narração onde os jogadores vão interpretar seus personagens em um mundo ou em uma aventura criada pelo narrador, sendo assim, pode variar entre algo simples como encontrar um baú perdido na floresta como algo mais complicado como salvar um país de um tirano. Tudo vai depender de como o narrador planeja essa campanha.

Vamos usar um exemplo que todos conhecem: Harry Potter. Sabemos que a história se passa nos anos 90, onde o mundo dos bruxos se esconde do mundo humano e no mundo dos bruxos há uma escola chamada Hogwarts que divide seus alunos em quatro casas, nas quais, cada uma busca certas características em seus alunos e assim eles são escolhidos. O narrador terá que apresentar um breve resumo de quando a história irá se passar. Será nos anos 90 aonde Harry estudou? Será antes ou será depois dos eventos dos livros? Será em um mundo alternativo aonde Harry Potter nunca existiu ou que ele morreu quando era bebê?

Com essas informações em mente devemos criar um personagem para jogarmos, devemos detalhar o máximo possível, criaremos um garoto ou uma garota? Qual será sua altura, e seu peso? Como são seus cabelos, qual a cor de seus olhos? Esse personagem é uma pessoa calma e ambiciosa? Ou ele apenas quer terminar a escola em paz? Quais são seus defeitos e quais são suas qualidades, ele é rico ou pobre? Possui sangue puro ou ele é mestiço? Quanto mais consistente melhor!

Não se esqueça que você vai ter que interpretar tanto suas qualidades quanto seus defeitos também. Acredite, esse é o passo mais importante do jogo!

Tudo isso devemos anotar em algum lugar certo? É claro! Se você não quiser anotar tudo em um papel em branco existem centenas de fichas de personagens que podem ser impressas da internet para auxiliá-lo.

Ficha de personagem para RPG

Ficha de Personagem de um RPG de Harry Potter ps: Valeu, Alan Rickman

Com isso o narrador poderá escolher em qual casa o seu personagem irá entrar ou caso faça alguém mais velho você pode escolher em qual casa ele pertence se o narrador assim permitir.

Como assim “se o narrador permitir”?

Esse narrador nós chamamos de Mestre e é ele que controla e conduz a história, apresenta os eventos que estão acontecendo, e permite ou não suas ações. A última palavra sempre é do Mestre você gostando ou não! A função de um Mestre é sempre permanecer neutro a tudo, assim sempre desenvolvendo a história e a mantendo interessante para todos.

Mestre no jogo: Mestre do Destino XD

O Mestre conduz sempre os jogadores e suas aventuras baseando-se nos dados e no desenrolar da história.

Já o jogador com o seu personagem deve explorar esse mundo novo e cumprir com seu objetivo. Você irá dizer a seu Mestre suas ações como: “Eu uso meu machado para cortar o tigre!” ou caso precise andar para algum lugar você deverá dizer “Me dirijo até a feira da cidade para comprar mantimentos” se precisar conversar com alguém apenas converse não como você faria, mas sim, como o seu personagem faria!

Por ter criado um personagem com qualidades e defeitos que possam não bater com sua personalidade o jogador deve interpretar seu personagem acima de tudo, mesmo que o jogador acabe ouvindo informações importantes ele sempre deve lembrar que seu personagem pode não ter ouvido isso ou não estava no local na hora, logo, não saberá reagir caso essa informação seja necessária para continuar pois ele simplesmente não sabe. E se caso você optou por ser alguém que não tem medo de falar as verdades para as pessoas nunca deve ficar com medo do que irá acontecer com o seu personagem caso o alvo dele pareça ser bem mais forte, afinal foi você que escolheu certo? Pontos de interpretação ajudam muito no seu personagem dando experiência a ele!

rpg4

Criatividade e imaginação sempre é a chave para um bom grupo de RPG

 

Aparatos para jogar RPG

Para saber o sucesso de nossos atos temos que ter algum tipo de juiz certo? Como vamos saber se o machado vai acertar o tigre ou não? Para isso usamos os dados de RPG o item mais popular e icônico do RPG de mesa! Temos vários tipos de dados e cada um possui lados diferentes, diferente do comum que possui apenas seis lados. Todo dado tem o nome de D (e seu número de lados). Se o dado tem vinte lados o chamamos de D20, se tiver quatro o chamado de D4 e assim por diante.

Os dados de RPG vem em estilos, cores e formas diferentes. O padrão é esse aqui:

rpg5

Temos dados de 4, 6, 8, 10 ou 12 lados. Também temos o de dezena, chamado de D100 e o icônico dado de 20 lados no centro chamado de D20.

O Mestre vai dizer a dificuldade da jogada e que para acertar você terá que tirar um valor mínimo e que a sorte esteja em suas mãos… E é ai que as coisas ficam interessantes !!!

Os dados têm duas condições muito especiais chamadas de Acerto Crítico e Erro Crítico, o número máximo de um D20 é 20 certo? Caso você tire 20 sua ação será mais do que perfeita, porém caso você tire 1 que é o menor número, prepare-se para sofrer as consequências de seu erro, se você estiver fugindo de um monstro e tirar 20 tenha certeza que daqui duas horas ele pode talvez te alcançar… Entretanto se tirar 1, os Mestres mais maldosos te farão tropeçar e quebrar a perna ou quem sabe torcer o tornozelo se tornando um lanche apetitoso para o monstro.

Show! Quando vamos jogar RPG então?

Esses são os princípios básicos do RPG. Espero ter mostrado algo novo e quem sabe mudado sua opinião, porém ainda não acabamos… Aguardem a parte dois onde ajudarei vocês a como criar uma campanha divertida, os sistemas famosos de RPG e tudo mais!

Separei os links de uma partida de RPG em três partes com o tema Cyberpunk, muito bom recomendo!

(Quando a página carregar, na parte superior da tela procure pelos botoes de compartilhar do facebook, twitter,google + … Em baixo deles há duas opções: “Alta” para ouvir na hora ou “Zip- Alta” caso você queira baixar para ouvir por aí )

NC395_destaque_podcast

RPG Cyberpunk 1

 

destaque_podcast_446

RPG Cyberpunk 2

 

RPG_CYBERPUNK_FINAL_opt-582x363

RPG Cyberpunk 3


vitor rpgHey Lads! Eu sou o instrutor Vitor da Evolutime Osasco, sobrinho do Deus Metal e viciado em Música, Games e Artes Marciais.

 

 

 

 

Próximo

Postado por

Postagem Relacionada

MOBA
O que é MOBA? MOBA é uma sigla que significa Multiplayer Online Battle Arena (em