anterior
Tweet about this on TwitterPin on PinterestShare on LinkedInShare on Google+Email this to someoneShare on Facebook
QR CODE

O que é RPG? Parte II – Criando um personagem no RPG

Antes de tudo:

Após ler a primeira parte desse manual básico para vocês iniciantes tenho certeza que umas das partes chamativas foi a criação do personagem, onde você é livre para criar algo do zero e usá-lo à vontade controlando suas ações e tudo mais, não é? Pois bem, vamos começar com os passos básicos e eu explico cada um direitinho, certo?

 “Mas eu tenho que ler a primeira parte antes, Vitor?”

SIM!!!

Finalmente depois de explicar toda a parte técnica básica para vocês podemos nos aprofundar dos assuntos melhor… Mas antes de mais nada tenho que avisar que vocês terão muito a ler, talvez não nesse post mais para onde mandarei vocês irem pesquisar. Se você não gosta de ler, está mentindo, afinal, ler o que é colocado no Facebook e no WhatsApp é ler também! Não faça cara feia e vamos a ação!

Criando seu primeiro personagem

Primeira coisa devemos saber a ambientação aonde tudo vai se passar.

Como exemplo vamos usar um mundo de fantasia baseado na era medieval com reis, cavaleiros e bruxos várias raças e dragões o ambiente mais padrão e usado no RPG.

Responda essas perguntas a si mesmo e teremos uma boa base:

1.Meu personagem será homem ou mulher?

A parte mais básica de todo ser é o gênero, vale lembrar que a forma de pensamento e de interpretação de seu personagem vai mudar em relações específicas caso escolha um ou outro, obviamente um personagem feminino precisará de atenções biológicas diferentes do personagem masculino. Eu particularmente não vejo nada de errado caso você queira interpretar um personagem que tenha o gênero oposto, pode até tornar a aventura mais engraçada.

Vitor, quer dizer que eu vou ter que fazer voz de mulher/homem?!”

Não é obrigatório não, mas, se você quiser nada te impede também. Segunda pergunta

2.Qual raça quero fazer o meu personagem?

Todos nós somos seres humanos, essa é a nossa raça, em uma boa partida de RPG você tem a chance de escolher ser uma outra raça, vou mostrar as quatro mais básicas porem tenham em mente que existem muito mais e é claro cada raça tem seus prós e contra. Um dos melhores filmes onde vemos várias raças interagindo é o famoso Senhor dos Anéis e O Hobbit, sendo os livros superiores aos filmes… sempre, por serem muito mais detalhados, mais vale e MUITO a pena dar uma olhada.

Humanos

human m human f

A raça mais neutra de todas, humanos vem de todos os tamanhos, cores, tradições e podem ser ou tornar-se qualquer coisa em questão de alinhamento moral, somos os mais adaptáveis e esse é o nosso diferencial, afinal nesse mundo árduo da fantasia medieval a adaptação é a única coisa que nos mantem de pé. Lembrando que nós humanos geralmente temos entre 1,50cm podendo chegar até à 2,13cm de altura e temos como média 80-90 anos de vida, atingindo a fase adulta (a de verdade) depois dos 25-30 anos.

Elfos

elf mf

Os elfos se destacam por muitas coisas, possuem peles brancas e são muito ligados a natureza, a orelha pontuda é sua parte mais icônica. Graciosos e adeptos na magia, forja de artefatos e armas magicas e a arte do arco e flecha. Alcançam a maturidade física aos 25 anos e a mental aos 125, não fique chocado pois os elfos podem viver pouco mais de meio milênio e ainda manter uma aparência jovem, por conta disso são bem conhecidos por possuírem beleza natural e mal visto pelas outras raças como xenofóbicos. Possuem boa visão noturna e diferente dos humanos eles não dormem! Apenas precisam meditar por quatro horas e estão restaurados do cansaço do dia. Há varias sub-raças para elfos porém não vamos entrar nesse assunto, procure mais se você se interessar, e são das mais diversas.

Anões

dwarf mdwarf f

Anões são humanoides com cerca de 1,20 a 1,40 de altura com corpos largos e grosseiros e possuem orgulho de suas grossas e longas barbas, algumas versões de RPG até dizem que as mulheres podem crescer uma barba, algo que foi mudado e esquecido com o passar do tempo em sua maioria os anões são mostrados ruivos ou de cabelos negros e em inglês com um sotaque escocês. Uma raça guerreira com muita resistência, a magia e a veneno mestres no artesanato e na forja de armas, conseguem enxergar no escuro e possuem um detector natural de minérios. Podem chegar até 250 anos e entram na meia idade aos 125.

Meio-Orcs

half orc mhalf orc f

Os Meio-Orcs são a raça da relação (50% não amigável) entre um humano e um orc, claro que existem tribos barbaras com orcs e humanos onde obtém contato, dando a eles uma tonalidade pálida do verde, presas saindo de suas bocas e mais pelos, assim como músculos. Geralmente são desprezados pelas duas raças, humanos os veem como aberrações da natureza enquanto os orcs o enxergam como fracos demais. Como um Meio-Orc vive e reage depende em qual lado ele foi criado, se ele viver em uma cidade de humanos, agirá mais como um humano caso ele viva entre as tribos de orcs ele será agressivo como um, geralmente possuem entre 1,80 a 2,30 de altura e pesam cerca de 80 à 110kg fazendo deles menos musculosos e mais ágeis que os orcs puros, não se engane a força de um Meio-Orc apesar de não ser tanto quanto a de seu ancestral ainda assim é gigantesca. Por mais fortes e resistentes com o sangue borbulhando e exalando guerra a maioria dos Meio-Orcs não vivem mais do que a média de 60 anos, porém eles atingem a maturidade com 16 anos de idade. Caso queira saber como são as aparências de um Orc procure pelos Uruk-Hai e por Azog do Senhor dos Anéis/ Hobbit ou os Orcs do World Of Warcraft.

Importante: Nunca se esqueça de colocar o peso, altura, idade e principalmente o nome do seu personagem!!!

Vamos a terceira pergunta:

3.Qual classe quero que meu personagem seja?

No RPG as classes disponíveis dependerão da vontade do mestre, podendo elas serem dezenas como também apenas quatro ou menos. As classes são nada mais nada menos do que o caminho que o personagem escolheu (ou não) seguir na vida da mesma forma que alguém que pretende ensinar os outros torna-se um professor. Dentre as classes mais básicas temos:

Guerreiro

warrior mwarrior f

Os guerreiros usam da força física e sua alta resistência para viver a vida, treinar todo o dia é um trabalho que exige disciplina e trabalho duro, se você gosta de usar armas de curto alcance como: espadas, machados, maças, lanças, etc. Com certeza essa é a classe para você cortar o mundo ao meio. Entretanto defesa física de nada te protege das magias arcanas e o poder dos elementos, uma armadura de metal é uma presa fácil para um Mago com uma magia de raio, afinal metal é um ótimo condutor…

O Guerreiro sempre tende a evoluir de forma linear, não enfrentando dificuldades em sua jornada e vai crescendo junto a ela, é geralmente o mais direto para se jogado.

Magos

mage mmage f

Os magos passam a vida inteira a praticar a magia, controladora dos poderes arcanos e dos elementos, quanto mais inteligência eles possuem sobre ela, mais fortes são, por isso na maioria das vezes são retratados com longas barbas e cabelos brancos, pois conhecimento vem acompanhado de tempo e pratica e quando falamos de magia um milênio passa tão rápido quanto um piscar de olho. Muitas vezes a magia é usada no RPG como a tecnologia afim de suprir a falta da mesma em um cenário de fantasia medieval…. É claro que a magia milhões de vezes superior fazendo muitas vezes o inexplicável aos olhos céticos.

 Logo os magos são os personagens com maior potência para destruir pois quando em um alto nível, conjuram das mais épicas magias causando o caos fisicamente e mentalmente em seus inimigos. O único problema dos grandiosos magos e sua inteligência incomparável é sua resistência física que é na maioria das vezes medíocre.

Ladinos

rogue m rogue f

Se você prefere um personagem mais rápido, escorregadio, furtivo e ambicioso, o Ladino é sua passagem ao mundo de RPG. Ladinos também são conhecidos como ladrões e temos muitos exemplos deles, como Robin Hood. Ladinos preferem usar armas leves e são muito mais focados em utilidade do que em combate…. Uma adaga, arcos ou bestas sempre são aceitos de bom grado por eles. Em combates os ladinos preferem usar suas armas rápidas para concentrar golpes surpresa e fatais em seus inimigos apavorando até mesmo os monstros pois o que os olhos não veem o coração sente e logo depois para…

Porém como não se limitam apenas no combate as funções mais básicas de todo bom ladino a não ser roubar das pessoas e/ou ajudar o grupo em situações apertadas que exigem velocidade ou pegar informações sem se expor, os ladinos tendem a fazer isso em um grupo:

Destrancar Portas e Baús, desarmar armadilhas, roubar itens e dinheiro, confundir os adversários criando vantagens, escapar facilmente, andar silenciosamente pelo ambiente.

Ladinos sobrevivem através de sua velocidade pois também não possuem a melhor das resistências o único detalhe é que são muito ligeiros e é muito difícil acerta-los e aonde a espada ou o raio não acertam, ninguém se machuca, não é?

Clérigos

cleric m cleric f

Os Clérigos são os representantes dos deuses no mundo, seja lá qual deus for (acredite, existem vários). Se você é fiel o suficiente para conseguir usar o poder de seu dono. Geralmente segue dois caminhos ou o caminho focado em batalha usando uma grande maça/martelo e quem sabe um mangual ou eles vão ao caminho da restauração e tornam-se curandeiros. Movidos pela fé e crença, esses bravos guerreiros tem uma missão sagrada no mundo e nada vai detê-los! Com certeza um dos membros indispensáveis em uma campanha longa. O ponto ruim é que a maioria dos deuses em um RPG consideram algumas coisas proibidas ou heresia, um clérigo deve ficar atento a tais regras ou seus poderes podem sumir junto ao vento e quem sabe nunca mais voltar! Afinal, perder a fé ou quebrar uma ordem de seu deus, não acho que vai instigá-lo a te dar um pouco de poder em uma batalha ou guiá-lo em uma hora de confusão. Já se você for um bom servo quem sabe ele não te protege e salva a sua vida em um momento crucial? Pense nisso!

Claro que assim como as raças temos muito mais que isso essas são as quatro mais básicas, muitas classes são uma mistura entre dois ou mais dessas classes enquanto outras trazem uma mecânica e um estilo de jogo completamente diferente vale muito a pena procurar e encontrar a classe que mais combina com seus gostos! Quarta pergunta:

4.Qual será a personalidade do meu personagem?

Oras! Se nem você souber essa resposta como vamos saber usá-lo, não é? Para isso sempre é divertido usar a tabela de tendências para saber em qual linha de pensamento seu personagem segue (Eu particularmente sou fã dos Neutros e Caóticos) isso não significa exatamente se o personagem é fraco ou não, mais sim se ele é uma pessoa boa, ruim ou neutra.

Tabela-de-Tendencias-Berserk

“E aí! Qual será que é a sua tendência? ”

Personagens classificados como leais seguem um código, nunca mentem, cumprem suas promessas, respeitam as leis e seus superiores, honram tradição.

Personagens classificados como caóticos seguem seus sentimentos, odeiam receber ordens, preferem coisas novas e tem desdém pela tradição e apenas cumpririam uma promessa caso fosse produtivo a eles.

A palavra Lei significa honra, confiabilidade e obediência a autoridade. Por outro lado, pode incluir mentalidade fechada, aderência reacionária à tradição e falta de adaptabilidade.

Já a palavraCaos significa liberdade, adaptabilidade e flexibilidade. Por outro lado, caos pode incluir imprudência, ressentimento para com autoridade legítima, ações arbitrárias e irresponsabilidade.

Pessoas neutras possuem a lei e caos dentro de si, tem como maior importância o bem deles e não ligam nem se ofendem pelas coisas implicadas, sempre com um pensamento aberto. São pessoas aonde o peso de suas decisões ira de acordo com o que acharem interessante ou não. Animais e outras criaturas irracionais são considerados neutros.

Depois de tudo isso só precisamos colocar virtudes e defeitos em nosso personagem em alguns sistemas de RPG tem toda uma relação de pontos em que você pode gastar e tudo mais, chamados de Vantagens e Desvantagens. Colocar limitações ou construir um personagem com defeitos é o que torna divertido a interpretação, lembre-se disso!

Background do personagem (quê?!)

Agora você só deve criar uma história que chamamos de Background do personagem (a maioria das fichas já vem com essa sessão) que serve para que você coloque uma breve história sobre o passado do seu personagem até o ponto em que a aventura se inicia. “Joãozinho nasceu em uma cidade portuária ao sul do continente, seu pai era um grande pescador, cresceu junto de seus irmãos blá blá blá). É o mínimo que o mestre precisa saber sobre seu personagem, pois com isso ele pode usar alguns elementos e incrementar na história e na aventura.

 Logo depois é dever do mestre pedir para você fazer uma rolagem de dados para pôr pontos em seus atributos, para assim sabermos como seu personagem é e suas proficiências, geralmente eles têm um mínimo e um máximo a ser colocado no início e com o passar do tempo você acumula experiência e passa de nível algo que acho que a maioria já está familiarizado.

 Os atributos são:

Força

Força bruta, lembrando que músculos não significam força. Veja a diferença entre “Bodybuilder” e “Strongman”.

Destreza

Habilidade com as mãos e/ou os pés.

Agilidade

Velocidade corporal.

Constituição

Resistência ou vida.

Percepção

Reação, Observação do que há ao seu redor.

Inteligência

Capacidade intelectual, para resolver problemas e conhecimento.

Carisma

Facilidade de fazer as pessoas gostarem de você. Nem sempre significa beleza física, alguns mestres preferem medir sua beleza pela Constituição.

 

Agora você só precisa esperar a aventura começar e jogar com seu personagem novo!


vitor rpg

Hey Lads! Eu sou o instrutor Vitor da Evolutime Osasco, sobrinho do Deus Metal e viciado em Música, Games e Artes Marciais.

Próximo

Postado por

Postagem Relacionada

maxresdefault (2)
MOBA
O que é MOBA? MOBA é uma sigla que significa Multiplayer Online Battle Arena (em