anterior
Tweet about this on TwitterPin on PinterestShare on LinkedInShare on Google+Email this to someoneShare on Facebook
QR CODE

Entenda o que é rede e o conceito de IP

Olá pessoal, tudo bom? Hoje vamos aprender um pouco sobre o que é de fato a Rede, o que significa, como usá-la e porque ela hoje é tão importante para o nosso mundo.

 

O que é então a internet?

Navegamos na internet em vários sites, acessamos programas on-line, jogamos via internet… mas o que exatamente é a internet?

rede25

Quando falamos de rede achamos que estamos falando da rede interna que temos no roteador da nossa casa, mas na verdade a internet nada mais é do que uma grande rede de computadores que estão interligados por meio de cabos, servidores, roteadores, switches, etc.

Cada computador recebe um número de IP (Internet Protocol) que o identifica dentro dessa grande rede, podemos comparar esse número de IP como um RG de uma pessoa o qual cada pessoa possui o seu número próprio e não pode haver números iguais. Se tratando de um computador funciona da mesma forma, não pode haver números de IP’s iguais senão vai dar conflito dentro da rede.

rede014

Existem 2 versões de IP:

  • IPv4
  • IPv6 (Internet Protocol version 4 and 6, Protocolo de Internet versão 4 e 6).

O IPv6 está sendo implementado gradativamente e por isso não vou falar tanto sobre ele, mas houve a necessidade dessa versão de IP devido à capacidade dele de atribuir muito mais números de IPs que o IPv4.

 

Como funciona o IPv4

Vou apresentar para vocês como funciona o IPv4. Ele é composto por 4 octetos, ou seja, 4 sequencias de números compostas por 8 bits em binário, ou de 0 a 255 números em decimal. Temos 3 classes de IP’s que podemos utilizar, Classe A, B e C.

  • A Classe A vai do número de IP 1.0.0.1 até o 126.255.255.254
  • A Classe B vai do número de IP 128.0.0.1 até o 191.255.255.254
  • A Classe C vai do número de IP 192.0.0.1 até o 223.255.255.254

rede36

Reparem que em nenhuma das classes eu comecei com o 0(zero) e nem terminei com o 255, pois o 0 é o início da rede e o 255 é final de rede ou broadcast e por isso não podemos utilizar esses IPs.

Passei os números de IP padrão para cada classe, mas quem realmente define a classe de IP é a máscara de sub-rede:

  • Classe A tem o número 255.0.0.0
  • Classe B tem o número 255.255.0.0
  • Classe C tem o número 255.255.255.0

 

Detalhamento das classes de IP

Vou explicar cada classe para melhor compreensão.

Dentro de um IP da classe A podemos ter mais de 16 milhões de números de IP para uma única rede, ou seja, poderíamos ter mais de 16 milhões de computadores comunicando entre si. Isso se dá pelo fato que teríamos um número fixo e 3 números que poderíamos variar, ou seja, seria 255 elevado a 3:

255(fixo) .0(varia de 0 a 255) .0(varia de 0 a 255) .0(varia de 0 a 255)

 

Na classe B teríamos 2 números fixos e 2 que variam, ou seja, 255 elevado a 2, isso dá mais de 65 mil computadores com IP’s diferentes na mesma rede:

255(fixo). 255(fixo). 0(varia de 0 a 255) .0(varia de 0 a 255)

 

E por fim, a classe C a qual tem 3 números fixos e um que varia de 0 a 255:

255(fixo). 255(fixo). 255(fixo).0(varia de 0 a 255)

Como falei anteriormente quem define a classe é a máscara de sub-rede e apesar dos números de IP ser padrões para cada rede, uma empresa pode fugir desse padrão e usar um número de IP da classe A em uma classe C, por exemplo:

IP: 10.0.10.67                    Máscara de sub-rede: 255.255.255.0

Como podem ver o IP é classe A, mas a máscara é da classe C e mesmo assim a rede vai funcionar normalmente.

 

Como converter números binários em números decimais

Para melhor compreensão sobre números binários, vou ensiná-los como converter número binário em decimal. Baixem esta planilha do Excel neste link Conversor Binário – Decimal e escolham qualquer número em decimal de 0 até 255 para converter em binário. Vamos pegar o número 156 como exemplo e vamos somar os números decimais para dar o número que necessitamos.

Colocamos 1 embaixo dos números que utilizamos para soma e os números que não utilizamos nós colocamos 0. Por fim teremos nosso número decimal no total e nosso número binário embaixo. Como resultado temos o número 10011100 em binário para o número 156 em decimal como mostra figura abaixo.

Soma

 

Complicado?

Para conferir se realmente está certo, vamos utilizar a calculadora. Pressionem WINKEY+R (WINKEY = tecla do Windows no teclado, a tecla que fica ao lado do Ctrl), com isso vai abrir o Executar

01 - Executar

Digite “calc” (sem as aspas) e cliquem em “OK”

 

02 - Executar 2

depois vão em “Exibir” e mudem a calculadora para “Programador”

03 - Calc 1 04 - Calc 2

Digite 156 e mude para “Bin” do lado esquerdo da calculadora e então vai apresentar o número em binário para vocês!

05 - Calc 3 06 - Calc 4

Muito obrigado pessoal e até o próximo post!

Instrutor Felipe Pries Rubim

Foto - Felipe

Próximo

Postado por

Postagem Relacionada

Direito na internet
Introdução A inclusão digital se torna cada vez mais comum no cotidiano, doravante encontramos casos