anterior
Tweet about this on TwitterPin on PinterestShare on LinkedInShare on Google+Email this to someoneShare on Facebook
QR CODE

O Processo da Identidade Visual Part. I – Introdução à Identidade Visual

Muito se questiona qual seria o papel do designer no dia-a-dia. Dependendo da sua área de atuação, o designer é o profissional responsável por criar elementos, produtos que servem para facilitar o cotidiano humano e a comunicação.
E entre todos os projetos dos quais os designers se responsabilizam, um dos mais importantes sem dúvida é a criação de identidades visuais.

Mas o que seria uma identidade visual?

WebDesignA identidade visual é um conjunto de elementos que definem e representam toda uma marca, ideia, produto, tecnologia ou nome. É a
representação gráfica da ideia, visão, objetivo e valores de uma empresa de forma clara e simples, podendo ser aplicada a todos os produtos e meios de comunicação e publicidade.
Para muitos, pode se parecer como uma tarefa simples, mas a criação de uma identidade visual é uma tarefa que envolve diversos fatores diferentes, uma vez que o designer deve primeiramente entender o papel da empresa dentro do mercado de trabalho e da sociedade, entender seus valores, seu público alvo, para só então poder criar algo que represente fielmente a imagem que se quer passar.
Além disso, o designer deve sempre buscar a originalidade na hora de se criar a identidade visual, uma vez que cada empresa concorrente também passa pelo processo de se criar sua própria identidade, e ao longo que cada vez mais o mercado de trabalho vai ficando mais saturado, mais difícil é para o designer criar algo original e único.

E como se cria uma identidade visual?

Uma vez que se já absorveu tudo que podia para entender sobre a empresa ou seu cliente, basta agora entender todos os elementos que compõem a identidade visual. Podemos separar estes elementos em:

• MarcaWebDesign
• Branding
• Esquema de cores
• Logotipo
• Sinal gráfico
• Tipográfica
• Painel semântico
• Manual de identidade visual

 

Cada elemento tem seu papel na formação da identidade e uma vez que se entenda o que cada um deles representa, o designer pode lançar mão de seus conhecimentos, experiência e ferramentas para iniciar o desenvolvimento.

Ao longo dos próximos artigos dessa série sobre identidade visual, iremos aprender sobre cada elemento que a compõem e como podemos usa-los para criar algo único e original.

 

danielMeu nome é Daniel Fraga, sou designer freelancer e professor na unidade de São Vicente desde do final de 2012 e também sou um dos responsáveis pelo canal no Youtube da Microcamp São Vicente.

“Um bom designer é um bom comunicador, e por isso devemos conhecer, ver, ouvir e sentir de tudo que temos a nossa volta” – Márcia Okida

 

Próximo

Postado por

Postagem Relacionada

GIT: versionamento e produtividade sem medo
Fala galera, tudo bem? Espero que sim, no post de hoje iremos entender de uma