anterior
Tweet about this on TwitterPin on PinterestShare on LinkedInShare on Google+Email this to someoneShare on Facebook
QR CODE

Proteja seu pc e navegue na Internet com tranquilidade e segurança

 

Ferramentas de proteção

Ter os programas adequados para proteção de invasões é o primeiro passo para evitar pragas e acessos indesejáveis. Precisamos mantê-los sempre atualizados e sempre fazendo varreduras no nosso computador para que possam funcionar efetivamente.
OBS: Nem sempre os programas gratuitos fazem o que prometem, por isso prefiro os pagos, mas temos alguns gratuitos que realmente são muito bons, como o Spybot .

1. Antivírus – Programa residente no computador que fica 24 horas fazendo varreduras a procura de programas indesejáveis no PC. Geralmente causa um pouco de lentidão na execução de programas, mas mantém o computador livre de pragas.

2. Firewall – Programa que impede acessos não permitidos ao computador, ou seja, invasões.

3. Antispyware – Programa que impede que spywares acessem seu computador e mandem informações do usuário para outras pessoas, os trojans.

4. Tenha um bom limpador otimizador do Sistema Operacional, como o Norton Utilities (que não é gratuito), mas considero um dos melhores para Windows. Uso há muito tempo, desde a versão 4.0!

10 Dicas do hacker Kevin Mitnick

Tendo esses programas no computador, vamos ver algumas dicas de quem realmente entende do assunto:
Kevin Mitnick, o hacker mais famoso dos anos 90, passou 5 anos na prisão e agora presta consultoria sobre segurança para empresas, em um especial da Wired.
Ele criou uma lista com dez dicas de como proteger seu computador. Confira a seguir:
1 – Faça backup de tudo. Nenhum computador é invulnerável;
2 – Prefira senhas difíceis de serem descobertas e mude os códigos com frequência;
3 – Use um antivírus e cheque por atualizações diariamente;
4 – Atualize seu sistema operacional sempre;
5 – Evite softwares visados pelos hackers, como o Internet Explorer;
6 – Use programas de criptografia para enviar e-mails importantes. Aliás, com esses softwares é possível proteger um HD inteiro;
7 – Instale um ou vários programas contra spyware. Os que estão sempre rodando, como o SpyCop, são ideais;
8 – Tenha um firewall instalado em seu micro;
9 – Desabilite qualquer sistema que você não esteja usando, principalmente aqueles que permitem acesso remoto, como o Remote Desktop, RealVNC e NetBIOS;
10 – Proteja sua rede Wi-Fi. Em casa, habilite o WPA (Wi-Fi protected access) com uma senha de, pelo menos, 20 caracteres. Em seu laptop, só acesse redes Wi-Fi que tenha proteção WPA.

Não aceite doces de estranhos

E também é importante seguir algumas regras de comportamento para que ninguém tenha motivos para nos atacar ou querer nos prejudicar:
– Nunca diga suas passwords para ninguém;
– Nunca dê informações sobre você, de forma a poder ser identificado (nome, telefone, endereço residencial, foto);
– Não abra e-mails de quem não conhece (pode conter um vírus);
– Evite o envolvimento em discussões desagradáveis;
– Abandone os “chats” se alguém for rude ou desagradável com você;
– Nunca se encontre com “amigos” que conheceu online, a não ser acompanhado de amigos ou parentes. (Na realidade nunca se sabe quem são esses amigos);
– Comporte-se sempre de forma educada;
– Peça ajuda aos seus amigos e/ou aos professores quando tiver algum problema;

Problemas mais comuns

Dessa forma podemos navegar com mais tranquilidade e ter uma certa segurança em nosso computador, evitando a contaminação por qualquer tipo de vírus de computador ou invasão por outras pessoas ou programas.
Segundo o Wikipédia, os principais problemas de segurança em computadores pessoais são:

Malware (Malicious Software): software desenvolvido para se infiltrar em um sistema de computador de forma ilícita, com o intuito de causar dano ou roubo de informações. Vírus de computador, trojan (cavalos de tróia) e spywares são os principais exemplos.

Vírus: programa malicioso desenvolvido por programadores que, como um vírus biológico, infecta o sistema, faz cópias de si mesmo, e tenta se espalhar para outros computadores, utilizando-se de diversos meios.

Trojan ou Cavalo de Tróia: programa que age como a lenda do cavalo de Tróia, disfarçado de um programa legítimo, entra no computador, e libera uma porta para um possível invasor.

Spyware: programa automático de computador que recolhe informações sobre o usuário, sobre seus costumes na Internet, e transmite esta informação a uma entidade externa na Internet, sem o seu conhecimento ou consentimento.

Phishing: uma forma de engenharia social, caracterizada por tentativas de adquirir informações pessoais, tais como senhas e números de cartão de crédito, ao se fazer passar por uma pessoa confiável, ou por empresa, enviando uma comunicação eletrônica oficial, e-mail ou mensagem instantânea. O termo phishing surge das cada vez mais sofisticadas artimanhas para “pescar” (fishing) as informações sensíveis dos usuários.

Spam: mensagem eletrônica não-solicitada enviada em massa. Esse tipo de mensagem pode conter código mal intencionado (vírus, cavalo de troia, phishing …).

Falhas de segurança no código dos programas (software), incluindo os sistemas operacionais: essas falhas são provenientes dos erros (bugs) de programação e são através delas que os malwares são desenvolvidos.

Espero ter ajudado na sua segurança e em seu conhecimento sobre segurança. Qualquer coisa estou aqui, a disposição para ajudar a todos sempre na Microcamp Santos.

 

Próximo

Postado por

Tem 26 anos. É formado em Análise e Desenvolvimento de Sistemas pela UNIMONTE, atualmente leciona Hardware e TI na Microcamp de Santos. É apaixonado pelo mundo Linux. Também faz trabalhos como web design e design gráfico. Se considera um músico de bom gosto e adepto a um bom livro de ficção.

Postagem Relacionada

Vírus
Vírus: o que são e como agem? Desde sempre aprendemos que na internet existem vírus. Mas o