anterior
Tweet about this on TwitterPin on PinterestShare on LinkedInShare on Google+Email this to someoneShare on Facebook
QR CODE

Melhore o desempenho do seu Photoshop!

Trabalhar com o Photoshop é estimulante. Todos aqueles que já mexeram ao menos uma vez no famoso editor de imagens da Adobe ou que já o utilizam no seu dia-a-dia sabem do que estou falando. São inúmeras as possibilidades de edição de imagens, criação de ilustrações, designs e os mais diversos efeitos em fotografias. Mas se o programa tem um desempenho mais lento do que o esperado ou mesmo trava inesperadamente – às vezes por estar instalado em um computador um pouco ultrapassado ou porque o mesmo não possui uma boa configuração – um simples ajuste de suas configurações pode melhorar o desempenho e resolver problemas que podem estar prejudicando o andamento do seu trabalho.

Para aumentar a performance das ferramentas do programa, uma boa opção inicial e acessar o Painel de preferências do programa. Lá, você pode abrir mão de alguns recursos em nome de uma melhor eficiência, portanto observe cada item com bastante atenção e teste cada opção, assim você poderá escolher as melhores para as aplicações que mais utiliza.
desempenho no photoshop

O painel de preferências

Para começar, vamos abrir esse painel que possui todas as preferências do Photoshop. Inicie o programa, clique no Menu principal e  na opção Editar > Preferências > Geral, ou simplesmente use o atalho Control K.  Você verá a janela a seguir:

O uso de memória

No campo Desempenho encontramos as seguintes informações: RAM disponível e Intervalo Ideal. Há um campo para estabelecer valores onde você pode escolher a quantidade de memória RAM que o Photoshop pode usar. Quanto maior a quantidade de MB, mais rápido ele ficará.

desempenho da memória

Na opção Permitir que o Photoshop use um valor automático, o próprio programa avalia quanta memória do sistema ele vai consumir, e isso vai variar de acordo com as configurações de seu computador, então certifique-se de digitar valores que estejam dentro da Escala Ideal, ou seja, cerca de 70% de toda a memória disponível. Tome cuidado: Se você usar valores abaixo da escala o programa rodará muito devagar e se usar acima desses valores ele deixará seu sistema mais lento. Também é necessário ter cuidado com o consumo de RAM por plugins, estilos e gradientes. Observe que esses itens são carregados no momento em que você abre o programa. Se possível, verifique quanto o processo aberto pelo Photoshop vai aumentar o consumo de memória do seu computador.

Estados de histórico e Níveis de cache

No campo Histórico & Níveis de Cache você encontra opções para formatos específicos de documentos, onde poderá usar uma configuração abrangente para atender a todos os casos.  É importante saber que cada estado do histórico de uma operação que afeta a imagem inteira aumenta a quantidade do espaço do disco de trabalho de que o arquivo precisa. O Photoshop, por padrão, cria uma cópia do original quando você começa a trabalhar nela. Assim, por exemplo, quando você aplica um desfoque em uma imagem de 500 KB e cria um instantâneo dessa edição no painel Histórico, o Photoshop requer 1 MB de espaço do disco de trabalho para a imagem. Quando você aplica um ajuste de níveis, um filtro de ruído e uma máscara de nitidez a uma imagem de 5 MB e salva um instantâneo do histórico de cada estado, a imagem precisa de 15 MB do espaço de disco de trabalho!

Painel de histórico e cache

Estados de Histórico – refere-se à quantidade de passos do painel Histórico (Menu janelas > Histórico). Quanto menor a quantidade de passos, melhor a performance. Entretanto, sua quantidade de níveis de desfazer ações pode diminuir. Geralmente 20 passos são considerados como a quantidade ideal, mas isso fica ao seu critério.

Níveis de cache – Refere-se a quantidade de dados de imagem que podem ser armazenados pelo programa e ajuda na atualização de suas imagens à medida que as edita. Para arquivos grandes com poucas camadas use mais, para arquivos pequenos com muitas camadas use menos. Como essa opção é relativa, configure-a de acordo com seu uso mais frequente. A recomendação é a de nível 4.

Tamanho de ladrilhos de Cache – Refere-se a capacidade de armazenamento de dados de imagem que o Photoshop processa ou armazena de cada vez. Esta opção está diretamente relacionada à quantidade de Níveis de Cache e funciona da mesma forma: para arquivos grandes com poucas camadas, escolha ladrilhos maiores, para arquivos pequenos com muitas camadas escolha ladrilhos menores. O nível recomendado é de 1024K.

Espaço nunca é demais

Você pode usar os seus Discos de Trabalho como uma maneira de ganhar mais memória para o desempenho do programa, pois eles funcionam como um tipo de “memória virtual”, usando o espaço livre do seu HD para armazenar dados temporariamente. Todos os discos utilizáveis do seu computador aparecem nesse campo. Se você possui um disco externo de alta velocidade, uma partição no seu disco rígido ou um HD secundário com bastante espaço livre use-o como Disco de Trabalho. Basta clicar na caixa da opção Ativo? para usa-lo. Uma boa recomendação é evitar usar o disco onde está instalado o seu sistema operacional para uma melhor performance.

Ativar disco de trabalho

Placas de vídeo

No campo Configurações de GPU você encontra opções referentes a sua placa de processamento gráfico. GPU ou Graphics Processing Unit são microprocessadores usados exclusivamente no processamento de gráficos e utilizados por determinadas placas de vídeo ou até mesmo por alguns modelos de placas mãe. O Photoshop detecta sua placa de vídeo automaticamente. Se o seu caso é extremo e você precisa de muita velocidade, desabilite o OpenGL Drawing. Tenha em mente que alguns recursos visuais importantes e recursos gráficos em 3D serão desligados e você pode sentir falta de alguns recursos do programa.

Efeitos visuais

Se seu computador possui uma GPU, clique na opção da caixa Ativar desempenho do OpenGL. e em seguida no botão Configurações Avançadas. Você verá uma nova janela com 03 opções básicas: Básico, Normal, e Avançado. Cada opção consome uma quantidade de memória de sua GPU. A Básica, mais econômica, é recomendada para melhor performance.

Configurações de GPU

Após configurar as opções do programa de acordo com suas preferências, salve tudo e reinicie o programa para aplicar as modificações.

Dicas simples que valem muito

Além de acessar o Painel de preferencias do Photoshop, você também pode tomar certos cuidados ou utilizar alguns padrões de uso para melhorar ainda mais o desempenho do programa:

De olho no indicador de Eficiência

indicador Eficiência

Observe o indicador Eficiência enquanto trabalha no Photoshop para determinar quando o Photoshop deixa de usar a RAM e passa a usar o disco de trabalho, o que reduz a velocidade do desempenho. Na parte inferior da janela da imagem, clique no menu pop-up e escolha Eficiência. (Você também pode exibir o status de Eficiência no painel Informações). Se o valor de Eficiência for menor que -100%, o Photoshop está utilizando o disco de trabalho e, portanto, está operando de forma mais lenta. Se a eficiência for inferior a 90% a 95%, aloque mais memória RAM para o Photoshop em Preferências de Desempenho ou adicione RAM ao sistema.

Feche janelas desnecessárias

As janelas de documento usam mais memória RAM no Photoshop CS5 do que em versões anteriores. Muitas imagens abertas no Photoshop podem resultar em uma mensagem de erro “sem RAM” ou fazer com que o Photoshop seja executado com lentidão. Se isso ocorrer, feche algumas janelas do documento.

Multiplas janelas

Reduza padrões e pontas de pincel em predefinições

Para reduzir o espaço utilizado no disco de trabalho, minimize o número de padrões e pontas de pincel usado nas predefinições. Reduza também o número de padrões que você usa nos estilos de camada Textura de chanfro e entalhe e Sobreposição de padrão. Cada padrão pequeno e amostra de pincel nas predefinições utiliza pelo menos um ladrilho para armazenamento. Os padrões utilizados em estilos de camada também utilizam RAM extra.

Para exibir padrões por padrão no Photoshop, escolha Editar > Gerenciador de predefinições e escolha Tipo > Padrões.

predefinições de padrões

Use camadas com sensatez

As camadas são fundamentais para trabalhar no Photoshop, mas aumentam o tamanho de arquivos e o tempo de redesenho. O Photoshop recompõe cada camada depois de cada modificação na imagem. Depois de concluídas as alterações nas camadas, é possível achatá-las (mesclá-las) para reduzir o tamanho de um arquivo. Selecione as camadas no painel Camadas, clique com o botão direito do mouse e escolha Mesclar camadas.

Também certifique-se de remover camadas vazias do documento, uma vez que elas apenas inflam o tamanho do arquivo: selecione as camadas vazias no painel Camadas, clique com o botão direito do mouse e escolha Excluir camada. Para achatar todas as camadas em um arquivo, escolha Camada > Achatar imagem.

Observação: o Photoshop não permite separar camadas depois de mescladas. Escolha Editar > Desfazer ou use o painel Histórico para retornar a um estado não mesclado.

Se você não altera frequentemente algumas das camadas, considere converter camadas ou conjuntos de camadas em Objetos inteligentes, o que economiza espaço em disco e melhora o desempenho. Selecione as camadas ou conjuntos de camadas no painel Camadas, clique com o botão direito do mouse e escolha Converter em objeto inteligente.

Arraste e solte arquivos para dentro do documento

Arrastar e soltar camadas ou arquivos é mais eficiente do que copiá-los e colá-los. Arrastar ignora a área de transferência e transfere os dados diretamente. Copiar e colar podem envolver potencialmente mais transferência de dados e são muito menos eficientes.

Arrastar imagem

Pronto. Com essas dicas simples, você poderá conferir na prática um melhor desempenho para o seu editor de imagens tão querido e utilizado. E uma última dica: muito cuidado na hora de escolher Plugins, Fontes, Ações ou qualquer outro tipo de arquivo para “turbinar” o seu Photoshop. Faça uma pesquisa, entre em sites e comunidades de design, consulte seus instrutores ou mesmo fique de olho aqui no Blog: futuramente daremos mais dicas sobre o assunto para que saiba quais são os tipos de arquivos que podem ser instalados no seu programa sem prejudica-lo. O seu Photoshop agradece!

Próximo

Postado por

Web designer, Ilustrador e produtor visual gráfico, santista de nascimento e de coração, amo o que faço e estou muito feliz em fazer parte da equipe Microcamp.