anterior
Tweet about this on TwitterPin on PinterestShare on LinkedInShare on Google+Email this to someoneShare on Facebook
QR CODE

Inglês: Os Sotaques

Olá, pessoal! Eu sou a Teacher Helô da Evolutime Mogi, e hoje vim falar de algo muito interessante no inglês:

OS SOTAQUES!

ingles-x-americanos
Para os que conhecem um pouquinho de inglês, já brincamos alguma vez seja dizendo que os britânicos falam com uma batata na boca, seja dizendo que os americanos parecem metralhadoras de palavras ou de como os indianos misturam tantas letras “R” no meio de qualquer coisa.
Dentre todos os estrangeiros que aprendem inglês e não são considerados nativos, talvez sejamos nós, os brasileiros, aqueles de sotaque mais limpo.
Mas, o que seria um inglês limpo? O britânico? americano? O australiano? Te desafio a tentar mudar o idioma do seu celular e encontrar, no mínimo, SEIS tipos de inglês que podem ser adotados.

O inglês britânico

ingles-britanico-large
Sendo o “Inglês Original”, o sotaque dos britânicos encanta a muitos, e, particularmente, a mim também, com seus floreios e a fala meio soprada, é mais facilmente compreensível, apesar da “batata na boca”.

O inglês americano

Flag_Map_of_the_United_States_(1912_-_1959)
Chegamos em mais um impasse, aliás, é nítido que o sotaque que é falado em NY é bastante diferente do que é falado, por exemplo, no Texas. Em suma, o inglês americano costuma cortar coisas ao máximo, sendo, por vezes, considerado um tanto preguiçoso, e é um pouco mais complicado de ser compreendido, principalmente com a incorporação de tantas gírias.

O inglês australiano

Inglês-Australiano
Amado por uns, odiado por outros, o inglês falado na Austrália parece unir a pronúncia bonita do britânico, com as gírias e cortes do americano. Principalmente em palavras simples, como DINASTY, ou mais ainda, em ANT. Enfim, muitos outros!
Espero que tenham gostado desse conteúdo que trouxe para vocês. Assistam filmes e séries de países que falem inglês
thumbnail_13173773_1106962159325271_8870980370023524245_nTeacher Helô leciona Inglês e Espanhol na Evolutime. Gosta de cultura japonesa e de aprender novos idiomas.
Próximo

Postado por

Postagem Relacionada

História dos Videogames (Parte 2) – PONG!
Olá gamers? tudo bem? Hoje iremos continuar nossa jornada pela história dos videogames, mas, hoje