anterior
Tweet about this on TwitterPin on PinterestShare on LinkedInShare on Google+Email this to someoneShare on Facebook
QR CODE

Impressora 3D, a possibilidade de imprimir a “vida”

 

Já ouviu falar sobre Impressora 3D?

Vamos aprender um pouco mais sobre isso!

 

 


 

Impressora 3d


 

Olá! Tudo bom com vocês? Hoje vou falar sobre a impressora 3D, uma tecnologia muito importante, e vou explicar o por quê.

As impressoras 3D foram criadas há mais de 30 anos por um americano Chuck Hull e desde essa época, a função dessa máquina de imprimir em 3 dimensões era poder solidificar ideias, deixando o processo de criar peças (na época, apenas de plástico) mais simples e rápido.
Atualmente, as impressoras 3D têm grande importância na criação de novos produtos, protótipos, objetos, e ela são utilizadas até na medicina! Com o avanço da tecnologia, é possível imprimir objetos com diversas matérias primas como resina, plástico, pó, papel e até metal.


O QUE É NECESSÁRIO PARA IMPRIMIR UM OBJETO?

O primeiro item necessário é um projeto em três dimensões. Esse projeto deve ser feito em computador, eu sugiro um programa chamado Blender, software excelente que utilizamos e aprendemos no curso de especialização Design de Joias e Semijoias. O Blender é um programa “Fre & Open Source” e pode ser baixado no site deles, clique aqui para baixar.

Se você não tiver conhecimento com nenhum software de modelagem 3D fique tranquilo, em uma rápida pesquisa na Internet é possível encontrar modelos de peças básicas que pode ser um início para uma criação. Um site muito utilizado é www.thingiverse.com.

O próximo passo é ter acesso a uma impressora 3D. Infelizmente, elas ainda são caras para uso doméstico, porém, seu preço já é acessível até para pequenas empresas ou para algum empreendedor mais arriscado.

Com a impressora em mãos, devemos escolher o tipo de material que utilizaremos como base, a cor do material e sua resistência. Daí vem o grande momento de apertar o CTRL+P, e daremos início a uma impressão! Em alguns minutos dependendo da complexidade, nosso projeto estará pronto para ser visto e tocado em todas as dimensões, com um custo baixo e uma eficiência absurda.


USO NA MEDICINA

 eric-moger-impressora-3d-1364922349550_956x500 robohand-600x434 tela_de_titanio_sbc_brasil 010614protese

Devido a toda essa evolução de tecnologia, uma realidade é a impressão de órgãos ou implantes de ossos feitos através de impressões. Há várias pesquisas em todas as partes do mundo para essa realidade se tornar popular e usual. Cientistas já conseguiram imprimir tecidos e células, o que pode tornar em um futuro próximo a impressão de pele humana, por exemplo, uma realidade no tratamento de pessoas com doenças de pele ou queimaduras.
Alguns pacientes já receberam implantes de cartilagem e ossos, que ajudaram a reconstruir o rosto, com partes que foram perdidas em acidentes e não foi possível recuperar com técnicas medicinais convencionais.
Hoje, as principais pesquisas se dedicam a imprimir órgãos, como rins, intestinos e até coração, e com isso salvar milhões de vidas pelo mundo afora. Pacientes que precisam de doação de órgãos ficam em listas de espera e muitos morrem sem poder receber sua doação; se a impressão de novos órgãos ocorrer e se popularizar, a medicina terá uma revolução e a vida de diversas pessoas terá um novo horizonte.


USO NO COTIDIANO


coisas-epicas-malucas-insanas-impressoes-3d_5local-motors

Existem diversos projetos para o dia-a-dia das pessoas. Carros, alimentos, sapatos, peças de mecânica, relógios, enfim, todo tipo de objeto poderia ser criado através dessas impressoras, modificando apenas o material utilizado para cada realidade.


E COMO EU VOU ME BENEFICIAR DISSO?

 coisas-epicas-malucas-insanas-impressoes-3d_12  coisas-epicas-malucas-insanas-impressoes-3d_9  129201342805PM

Primeiramente, os produtos criados e impressos já podem ser comprados e utilizados por qualquer um. Todavia, podemos esperar que dentro de poucos anos a comercialização de impressoras 3D domésticas e a possibilidade de criar peças e objetos se tornará real para qualquer pessoa.
Prevejo que um segundo mercado seja criado mesmo com impressoras nas casas, pois muitos não querem ter conhecimento em softwares de modelagem 3D, logo, projetos de objetos serão comercializados.
Imagine: você marcou uma reunião e percebe pela manhã que seu sapato está velho. Imagina a possibilidade de simplesmente imprimir na sua casa um novo sapato enquanto toma seu banho. Ao se arrumar, teria um sapato novo para colocar no pé.
As possibilidades são tantas que há também pessoas que criam modelos de armas e disponibilizam pela internet o download do projeto. Como a criação é infinita, com certeza teremos um mercado proibido, que devemos coibir para não se tornar popular.


CONCLUSÃO

Mesmo com esse lado negativo, a contribuição positiva dessas impressoras para a sociedade é tão grande que a expectativa em um futuro melhor pode-se passar por esse maquinário que foi pensado em 1984 para facilitar apenas o processo de produção industrial.

O que nos resta é esperar o preço cair e se popularizar no Brasil, para que essas infinitas possibilidades de criação estejam ao nosso alcance!


Espero que tenham gostado do post. Curtam e compartilhem!

Olá, sou Diego Cesário, 25 anos. Formado em Análise de Sistemas e TI e técnico em informática, iniciei minha carreira como professor no Sesi como voluntário e não parei de dar aulas depois disso. Fui instrutor por 2 anos, e atualmente sou coordenador de informática há mais de 1 ano. No meu tempo livre, me dedico com estudos na área de aviação.

Próximo

Postado por

Coordenador da Unidade Mooca

Postagem Relacionada

Blender – Tutorial de Tecido
Olá galerinha! Bora trabalhar no Blender? hoje eu venho trazer uma simulação de pano de