anterior
Tweet about this on TwitterPin on PinterestShare on LinkedInShare on Google+Email this to someoneShare on Facebook
QR CODE

Gênios da Informática – Warshaw

O pior game da história

Howard Scott Warshaw (30/07/1957 – atual)

2

Você gosta de videogames? Então você já deve ter jogado algum game de sucesso como Call of Duty, SimCity, Need for Speed, FIFA, etc…

Pois hoje vamos falar sobre o criador do pior game da história: seu nome é Howard Scott Warshaw, que além de programador de games, é ator, diretor de filmes, escritor e psicoterapeuta (pouca coisa, não é?). Howard trabalhava na empresa de videogames Atari, quando criou seu primeiro sucesso, o jogo Yar’s Revenge, para o console Atari 2600, no ano de 1982.

No game o jogador controlava uma criatura chamada Yar, uma mosca branca, e sua missão era destruir a barreira onde estava o inimigo, uma borboleta brilhante chamado Qotile, usando um canhão de luz. O sucesso do jogo, que até hoje é considerado um dos melhores para o Atari 2600, levou Howard Warshaw ser o escolhido pela Atari como designer do jogo Raiders of the Lost Ark (Caçadores da Arca Perdida), baseado no filme clássico de Steven Spielberg. O game também foi sucesso comercial e de crítica.

Como já havia adaptado bem um filme de Spielberg para os games, Warshaw foi a escolha natural da empresa Atari para desenvolver um outro jogo baseado num filme do diretor de cinema: E.T., o Extraterrestre. A Atari havia pago 21 milhões de dólares pelo direito de adaptar E.T. para jogos eletrônicos, e queria que o game estivesse pronto antes do Natal de 1982. A ideia era criar um game em que E.T. tinha que telefonar para casa, e para isso precisava juntar partes de um telefone interplanetário, driblando cientistas e agentes do governo.

E.T.
Warshaw tinha apenas cinco semanas para desenvolver o jogo, quando o prazo normal seria de seis a oito MESES e, detalhe, ele teria que fazer tudo sozinho!

Para ganhar tempo, o programador levou todo o seu equipamento para casa. A pressa em terminar o trabalho acabou prejudicando o jogo, que era pouco intuitivo e não agradou aos gamers. A Atari precisava desesperadamente que E.T. fosse um sucesso, mas o jogo não vendeu o esperado e a empresa foi vendida para a Warner.

Existia uma lenda de que a Atari havia enterrado caminhões cheios de cartuchos encalhados do jogo no deserto do Novo México. Depois de 30 anos, uma escavação confirmou que a história era verdadeira…!

Por ironia do destino, Howard Scott Warshaw, que criou vários jogos de sucesso, se tornou uma celebridade justamente pelo seu maior fracasso.


Prof. Alexandre JoséInstrutor Alexandre José leciona Informática, Web Design, Hardware e Administração de Empresas há mais de 15 anos. É Técnico de Informática formado pela ETEC e bacharel em Administração de Empresas pelo UNIFIEO.

 

Próximo

Postado por

Postagem Relacionada

Gênios da Informática – Hedy Lammar (1914-2000)
O que uma atriz de Hollywood da década de 40 e a invenção do telefone