anterior
Tweet about this on TwitterPin on PinterestShare on LinkedInShare on Google+Email this to someoneShare on Facebook
QR CODE

Engenharia Reversa

Oi pessoal, meu nome é Eduardo Florence sou professor da Microcamp Praia Grande e hoje irei comentar sobre Engenharia Reversa. Você irá conhecer um dos grandes vilões dos segredos industriais, onde se aplica e como tudo começou.

CAPA da engenharia reversa

 

Muito utilizado nos dias atuais, qualquer pessoa quando criança nunca abriu alguma coisa para ver como funciona. Engenharia Reversa trabalha na mesma maneira, ou seja, abre-se um objeto eletrônico e verifica todo o funcionamento desse objeto.  As grandes invenções tecnológicas nem sempre foram inventadas do “Zero”, muitas dessas novas tecnologias foram inventadas de estudo de outras e depois vão se evoluindo independentes. Para exemplificar o que é Engenharia Reversa, podemos citar as empresas de hardware, mais específicas, as empresas de processadores. Uma empresa concorrente pode comprar um processador de outro fabricante e utilizar a engenharia reversa e descobrir como funciona e depois apenas aplicar melhorias e lançar um “novo” produto.

Cada dia mais esta se tornando uma ferramenta importante na área da pesquisa para criar novas tecnologias utilizando as existentes, permite que mesmo que seja protegido por lei de propriedade intelectual possa ser estudado e melhorado.

Como surgiu?

Não se sabe com precisão quando surgiu a Engenharia Reversa, mas se sabe que surgiu com aplicações militares, alguns países utilizavam desse artifício para ter superioridade militar. O que se sabe também que o Japão foi o país que mais utilizou essa ferramenta, após a guerra foi um dos recursos que o ajudou a se recuperar. Eles criavam cópias exatas de produtos, conhecemos hoje em dia como pirataria, isso trouxe um grande avanço ao país, pois sem grandes investimentos conseguiram desenvolver produtos novos e melhores, sendo possível a utilização na área automobilística e eletroeletrônica.

Hoje em dia se utiliza em sistema para simulação através de software que permite a geração de cenários, que tem a função de orientar nas tomadas de decisões, através da análise e avaliações de produtos e sistemas e propõem uma solução.

A Engenharia Reversa é bem mais vista hoje em dia, as empresas sabem que sem ela ficam menos competitivas, e com ela, seus produtos são mais baratos, pois não precisam investir tanto na pesquisa inicial.

Onde podemos encontrar?

A Engenharia Reversa está mais perto de você do que você imagina, podemos encontrar na pirataria de Cds e Dvds, nessas mídias foram utilizada a Engenharia Reversa para descobrir como funciona  a proteção anti-cópia para removê-la.

Podemos também colocar como exemplo as pesquisas em algumas áreas, principalmente na área de informática, alguma tecnologias antigas não existe documentação e com a Engenharia Reversa é possível criar essas documentações.

Exemplos de engenharia reversa

Podemos observar alguns exemplos interessantes que utilizaram o conceito de Engenharia Reversa.

Latas Jerry: Foi inventada pelos alemães e copiada pelos britânicos. Era utilizada para levar combustível reserva nos automóveis.

Latas Jerry

 Avião: Avião B29 dos Estados Unidos, os russos criaram o Tu 64.

 Avião B29 e Tu 64

Foguete: Foguete V-2 criado pelos alemães e copiado pela Rússia com seu R 1/7.

 foguete

Processadores: A AMD, através da Engenharia Reversa conseguiu criar uma cópia extada do processador da Intel 8080 em 1975.

 processadores

Apple: A empresa de tecnologia Apple não divulga detalhes sobre seu produto Iphone, as concorrentes utilizam a Engenharia Reversa para descobrir suas especificações técnicas.

 Iphone

Conclusão

Nem sempre as melhores invenções são descobertas inéditas, muitas tecnologias são capazes de chegar a sua perfeição baseada em estruturas existentes e corrigindo erros, sendo possível se criar uma versão melhorada. Em empresas a competitividade é grande, e são elas as grandes investidoras em engenharia reversa.

A Engenharia Reversa poderá ser aplicada desde um objeto simples como um relógio, ou até mesmo um dispositivo móvel como um aparelho celular. Então o que está esperando?

Aplique a Engenharia Reversa em algo que gostaria de saber seu funcionamento, mais cuidado teste em algo que se não conseguir montar novamente não vá fazer falta. Todo tipo de estudo é válido, aproveite!

Espero que tenham gostado do assunto. Coloque seu comentário e sua sugestão. Divulgue para seus amigos e até uma próxima.

Próximo

Postado por

Postagem Relacionada

Entenda o porquê de traduções nem sempre funcionarem na língua inglesa
Você já tentou fazer uma tradução do inglês para o português e ficou meio esquisita