anterior
Tweet about this on TwitterPin on PinterestShare on LinkedInShare on Google+Email this to someoneShare on Facebook
QR CODE

Dicas de Otimização SEO para web designers

capa

Você já deve ter ouvido falar em SEO – Search Engine Optimization, ou Otimização para Sistema de Buscas. É  a maneira de preparar o conteúdo de uma página ou de um site inteiro para que seja encontrado durante uma pesquisa e para um melhor posicionamento nos rankings das ferramentas de procura. É importante frisar que não há garantias de que seu site apareça em primeiro lugar ao realizar uma busca seguindo as dicas a seguir, pois o único capaz disto seria o próprio site de busca utilizado, como o Google, por exemplo. Mas as dicas a seguir podem ser valiosas e essenciais para auxilia-lo nesta tarefa.

A página inicial

loading81

A primeira página é, em muito sentidos, a parte mais importante de um site. Nela, você tem de demonstrar ao usuário qual o assunto principal do site e qual o seu objetivo. Não adianta criar uma página com uma imagem bonita, ou uma animação que demoraria um bom tempo para carregar (por mais interessante que ela seja). Isto tomaria um tempo precioso do carregamento e deixaria poucos segundos para prender a atenção do usuário ao conteúdo – e por consequência, falhar na tarefa  de levá-lo ao resto do conteúdo do site. Jacob Nielsen, em seu artigo “How Long Do Users Stay on Web Pages?” (em português “Quanto tempo os usuários ficam em páginas da web?”) defende a ideia de que os usuários na maioria das vezes deixam as páginas da web após um tempo aproximado de 10 a 20 segundos, mas nos casos de páginas com uma proposta de valor claro e bem definido, elas podem ficar por muito mais tempo.

Você deve estar se perguntando: “Ok, mas o que isso tem a ver com SEO”?  O “Spider”, que é um software que faz buscas nas páginas da web para indexá-las em sites como Google e Bing, na maioria das vezes não faz uma boa interpretação das páginas iniciais.  Em sua programação original, ele espera encontrar nessas páginas as coisas mais importantes do site. E, via de regra, sabemos que o conteúdo procurado pelo usuário poderá estar espalhado por várias outras páginas! Somente esse pequeno detalhe já poderá fazer com que seu site caia posições no ranking! Portanto, é essencial que na página inicial já existam títulos, links e outros conteúdos que possam auxiliar os robôs de busca em sua tarefa.

Crie títulos de página descritivos

title

Os títulos que você usa em seus textos  são fundamentais para dar uma visão rápida do conteúdo de uma página e fazer com que apareça nos resultados de uma busca. Na maioria das vezes é uma peça fundamental utilizada nessa tarefa, além de fornecer um conteúdo descritivo bastante útil.

Certifique-se sempre de que cada título da sua página em seu site tem a tag <title>. Evite descrições vagas e títulos desnecessariamente longos pois estes ficam inclinados a aparecerem de forma “truncada” nos resultados da pesquisa. Seja objetivo, claro e dê uma boa ideia do conteúdo do que está nos parágrafos a seguir.

Procure evitar também títulos muito repetidos. Coisas como “grandes ofertas” e “os melhores preços do mercado” (no caso de um site comercial) tendem a enfrentar muita concorrência de títulos idênticos na web, tornando impossível para os usuários distinguir uma página de outra.

Coloque a descrição do assuntos nos links

links

Tome muita atenção na hora de criar seus links. Em vez de escrever “saiba mais sobre o assunto clicando aqui, procure oferecer uma descrição detalhada como: “clique para saber mais sobre Dicas de SEO  para web designers”.  Dessa maneira, o Spider irá capturar as palavras-chave “SEO″ e “Web Designers” de acordo com a busca  realizada pelo usuário e isso irá fazer com que o posicionamento da página no ranking seja otimizado graças às palavras encontradas.

Atenção especial com o Ajax

ajax

AJAX (ou Asynchronous JavaScript and XML) é um termo criado para o uso sistemático de tecnologias como Javascript e XML, para tornar páginas mais interativas com o usuário, utilizando-se de solicitações assíncronas de informações com um servidor. AJAX não é uma linguagem em si, mas a combinação de linguagens conhecidas trabalhando juntas, cada uma fazendo sua parte, carregando e renderizando uma página, sem a necessidade de recarregamento.

O problema em utilizar Ajax fica por conta dos detalhes técnicos, pois como ele carrega um conteúdo para o usuário sem que seja necessário recarregar a página e sem trocar de URL, como o motor de busca vai encontrar esse conteúdo? Esse é um dos principais problemas que as pessoas se depararam ao utilizar Ajax em seus sites.

O melhor a fazer é fornecer um sistema alternativo para os motores de busca, com uma estrutura de links e diretórios para que eles possam exercer seu papel. Isso resolve duas situações: a própria busca do Spider e a navegação do usuário, que para fins de agilidade possa querer acessar diretamente um conteúdo específico do site, através do link (coisa que o Ajax por si só não permite, uma vez que ele não muda a URL durante o uso do site).

Cuidado na hora de criar suas tags <meta>

metatags

As metatags são usadas para fornecer informações para todos os tipos de clientes e são a melhor forma de fornecer informações sobre sites para mecanismos de pesquisa. Em algumas situações, essa descrição é usada como parte de um snippet exibido nos resultados de pesquisa.  As metatags são adicionadas à seção<head> de sua página HTML, como podem ver a seguir:

<!DOCTYPE html>
<html>
<head>
<meta charset="utf-8">
<NOME DA META="Descrição" CONTEÚDO="Autor: R.P.N. Autor, Ilustrador: Ronaldo Paiva, Categoria: Livros, Preço: R$30.04, Comprimento: 300 páginas">
<meta name="google-site-verification" content="+nxGUDJ4QpAZ5l9Bsjdi102tLVC21AIh5d1Nl23908vVuFHs34="/>
<title>Exemplos de livros: livros usados de alta qualidade para crianças</title>
<meta name="robots" content="noindex,nofollow">

De acordo com os próprios desenvolvedores do Google, algumas  vezes  eles usam a metadescrição de uma página em trechos de resultados de pesquisa. Metadescrições precisas podem ajudar a melhorar sua taxa de cliques.

Algumas dicas para criação de metatags

Páginas diferentes precisam de metatags diferentes. Escrever descrições idênticas ou com algumas semelhanças em todas as páginas de um site não são úteis quando páginas individuais aparecem nos resultados da Web.

Identifique claramente os dados na descrição. Você pode  incluir dados estruturados sobre a página, como por exemplo, notícias, o autor de uma publicação, a data ou ainda informações de título secundárias.

Use descrições que descrevam corretamente o conteúdo. Descrições com uma alta qualidade podem melhorar muito a quantidade de seu tráfego de pesquisa e o conteúdo poderá ser exibido nos resultados de pesquisa do Google.

Use, mas não abuse das palavras-chave

palavras chave

Como você  já deve imaginar, as palavras-chave devem estar diretamente relacionadas ao conteúdo do seu site. Quando alguém procura algo na internet, espera encontrar exatamente o que está procurando. Uma boa palavra-chave ajuda o usuário a encontrar o resultado de sua pesquisa, levando em conta o nível de relevância que aquela palavra tem com relação ao conteúdo do seu site.

Importante: nem sempre as palavras mais procuradas são as melhores. Devido ao alto número de sites concorrentes que utilizam as mesmas palavras, elas disputarão o melhor lugar com você. Procure utilizar aquelas que melhor descrevem o conteúdo do site! Também evite o excesso: é útil ter alguns termos descritivos no título, mas não há razão para ter as mesmas palavras ou frases aparecendo várias vezes. Isso não ajuda o usuário e pode fazer com que seus resultados pareçam spam para o Google e para outros buscadores.


Por enquanto, essas são as dicas mais relevantes para otimização de sites. Existem outras é claro, das quais voltaremos a falar em futuro breve, pois o assunto é rico e interessante. Por enquanto, espero que elas tenham sido úteis, assim como boa parte das explicações – seja como uma introdução ao tema ou um aperfeiçoamento para quem já está familiarizado com o assunto. Usem o espaço abaixo para compartilhar suas opiniões e ideias para fazer do Blog Web Design um blog cada vez melhor.

Até a próxima postagem!

Próximo

Postado por

Web designer, Ilustrador e produtor visual gráfico, santista de nascimento e de coração, amo o que faço e estou muito feliz em fazer parte da equipe Microcamp.

Postagem Relacionada

Otimizando o Windows
Olá galera! Tudo bom com vocês? Usando o comando MSCONFIG, podemos otimizar deixando o Windows