anterior
Tweet about this on TwitterPin on PinterestShare on LinkedInShare on Google+Email this to someoneShare on Facebook
QR CODE

Design Responsivo – eu preciso disso?

Eu (realmente) preciso entender de design responsivo?

Olá, tudo bom com vocês? Hoje falarei sobre design responsivo, característica indispensável para os sites de hoje. O webdesigner precisa atender as demandas do mercado, e uma das mais exigidas é o design responsivo em seus layouts.

Eu montei um site super bonito! Mas ele fica esquisito no celular… e agora?

Se o seu site tem como função vender um produto (loja virtual, portfólio de trabalho, apresentação de empresa etc.), ele precisa conquistar o cliente, despertando o seu interesse em comprar produtos ou pelo menos entrar em contato. Imagine a situação: você está tomando um refrigerante na lanchonete com um amigo e ele fala de uma loja de skates que está em promoção e os descontos só valerão naquele dia. Se você curte skates ou quer dar um presente bacana para alguém que curte, vai querer ia na tal loja imediatamente, não é? O seu amigo não lembra o endereço da loja de skates, mas sabe o nome dela. Então, você pega seu smartphone e digita no Google e acha a tal loja, abre o site para pegar o endereço e correr para lá. Mas tem algo estranho…

O site não tem design responsivo: o texto está pequeno, as imagens gigantes e cortadas, você precisa rolar a tela milhares de vezes para acessar o menu e quando acessa, não consegue clicar no link do endereço.

A maioria das pessoas desiste. Uma ou outra vai até em casa, consulta a loja novamente de um computador e sai correndo para não perder a promoção. Mas, vamos enfatizar, a maioria DESISTE. Você não compra aquele skate e a loja deixou de fazer a compra. Isso vale também para tablets e qualquer dispositivo móvel que tenha resolução de tela. Um exemplo muito bem resolvido é o Facebook, que ao ser acessado de dispositivos com formatos menores, é direcionado para essa página aqui. Isso faz com que até quem não tem o app do Facebook para celular possa acessá-lo, aumentando as possibilidades de acessos à rede social. Design responsivo atualmente não é uma vantagem. É uma exigência do mercado.

“Ah, mas o meu público não acessa o meu site de celular!”

Um dia, acessará. E você vai ficar para trás. Os celulares mais vendidos atualmente saem de fábrica com acesso wi-fi e 3g, e os tablets estão com valores cada vez mais acessíveis. Ter computador desktop, ou seja, com monitor, gabinete, teclado e mouse, não deixará de existir, acredito eu, mas é crescente o público de dispositivos móveis e ignorá-los é ficar ultrapassado e perder clientes. Imagem1 No Brasil, o Android é um sistema operacional baseado no núcleo do Linux para dispositivos móveis, desenvolvido pela Open Handset Alliance, liderada pela Google Inc. Segundo a Google, mais de 1 milhão e 500 mil aparelhos com o sistema operacional são ativados todos os dias, sendo utilizado por grandes fabricantes de celulares, como HTC, Samsung, Sony, Motorola e LG. Com tantos consumidores de tantos dispositivos móveis, a demanda por sites com design responsivo já é mais do que esperada.

Mas… como faz? Tem tutorial de design responsivo?

Pode procurar no Google. Eu recomendo o Tableless, que ensina o passo a passo, da organização da estrutura do site até a implementação dele. Design Responsivo   A era mobile está cada vez mais firmando, a prova disso é a quantidade de usuários conectados em seus smartphones e tablets. Apenas uma olhada no Google Analytics, mostra na imagem abaixo como essa era está de fato, se tornando cada vez mais parte de nossas vidas. 01111 Bom pessoal, por hoje é só! Fiquem ligados em outras notícias, dicas e curiosidades aqui no Blog de Cursos! Acessem nossa FanPage, curtam e compartilhem nossas publicações! #FelizPorEstarAqui

 

Sobre o autor:

Meu nome é Guilherme Andrade, sou instrutor há 2 anos. Estou cursando Sistemas da Informação na Uninove. Espero que tenham gostado do post! Compartilhem, comentem 🙂

Próximo

Postado por

Postagem Relacionada

GIT: versionamento e produtividade sem medo
Fala galera, tudo bem? Espero que sim, no post de hoje iremos entender de uma