anterior
Tweet about this on TwitterPin on PinterestShare on LinkedInShare on Google+Email this to someoneShare on Facebook
QR CODE

Como Escolher a sua Placa de Vídeo?

placa de video

Com certeza o sonho para qualquer pessoa que use o computador e deseje um melhor desempenho de sua máquina é obter uma excelente placa de vídeo. Além de permitir que a pessoa rode aplicações com mais rapidez e uma taxa de atualização do que aparece em vídeo mais rápida, permite que também rode jogos. Porém com o constante aumento do dólar e com limitações de orçamento, fica difícil realizar uma boa escolha, tanto no beneficio, quanto no custo a ser pago.

Veja agora como escolher bem sua placa de vídeo sem se arrepender de sua escolha depois.

nvidia-geforce-gtx-760-galaxy

A GTX 760 da marca Galaxy, uma das placas mais velozes atualmente.

1º – Conheça as Especificações Técnicas de uma placa de Vídeo:

O primeiro passo é saber reconhecer as inscrições em uma placa que você adquire ou pensa em adquirir. Muita gente acha que quanto maior a memória, mais eficiência a placa terá, o que não é 100% verdade. Para adquirir uma placa você tem que saber qual a velocidade do processamento da placa e com qual processador ela se dará melhor.

Geralmente placas de video com a mesma chipset de sua placa mãe se adaptam e respondem com mais velocidade. Ou seja, uma placa da Nvidia roda melhor em chipset Intel.

Abaixo vamos ver um exemplo de uma placa atual, e suas inscrições e significados:

placa

Nomenclaturas de uma placa de vídeo.

Onde:

– Chipset: Indica o tipo de arquitetura para a qual foi feita. Atualmente temos no mercado duas: Intel e AMD. No exemplo a placa funciona melhor na arquitetura Intel, mas nada lhe impede de usar a mesma placa numa arquitetura AMD. Lembrando que ela atingirá o potencial máximo dela numa arquitetura Intel.

– Modelo: Indica qual família que a placa usa. Apenas uma indicação de fabricante. Geralmente as pessoas que acompanham as marcas sabem a porcentagem de memória e velocidade da placa apenas pelo modelo.

– Capacidade de Memória: Indica a quantidade total de memória da placa para armazenagem dos gráficos e leitura. Tem a mesma função da memória RAM do sistema de computadores, com a diferença de que ela apenas realiza a leitura de gráficos.

– Taxa de Velocidade de Leitura: Mostra a velocidade de transito de dados em Bits e capacidade de leitura de cores. Quanto maior a leitura de dados da placa melhor ela é. Evita gargalos e a máquina tem capacidade de ler com rapidez os gráficos envolvidos nela. Quanto maior a taxa de bits menos gargalo acontece na comunicação entre placa de vídeo e processamento do computador.

Em alguns casos é recomendado, por exemplo, um processador mínimo para evitar a perda de dados e, consequentemente, as travadas no processamento de vídeo, também conhecido como lag.

Por exemplo: para alguém que compre a placa de video GTX 760, é recomendado que se use no mínimo um processador i5. Já quem se usa de processamento AMD basta ter um bom processador que a placa de vídeo ganha potência.

2º Valores a pagar:

Algumas das melhores placas de mercado custam caro demais e para tê-las seria melhor abrir um crediário. Alguns Modelos da Nvidia Titan chegam a custar R$ 12 mil reais. Sai mais caro que o seu computador todo. Você não precisa gastar tanto para ter uma máquina de bom porte!

Alguns bons modelos de placa custam entre R$ 650 reais a R$ 1 mil reais e dão um bom desempenho, como no exemplo da GTX 760 e da GTX 750 Ti. Alguns modelos da AMD como a ATi Radeon R9 (procurar modelo) também são ótimos custos benefícios.

Algumas delas também permitem uma ligação que faz com que elas trabalhem juntas, o que chamamos de cross over, aumentando potencialmente os resultados e qualidade gráfica do computador. Apenas tome cuidado pois, na maioria das vezes, é necessário a compra de uma nova placa mãe para a realização da ligação.

Leve em conta o quanto você tem a investir e também a sua chipset pois isso altera o rendimento da placa. Também sempre leve em conta a taxa de bits. A quantidade de memória é a última coisa que deve ser levada em conta e só deve ser usada como comparativo quando o preço for próximo.

Também não esqueça de ver as configurações recomendadas dos jogos que você deseja comprar. Isso influencia na sua compra. Lógico que nem todos te darão tal disponibilidade porém deve se levar em conta durante quanto tempo você conseguirá jogar os lançamentos principais.

Espero que com esse post possa ter retirado algumas das principais dúvidas relacionadas ao assunto que muitas das pessoas tem. A compra de uma placa de vídeo é um grande passo, portanto antes de comprar, pesquise, compare!

Alguns vídeos como o abaixo podem resolver as dúvidas por trazerem comparativos e são fáceis de se encontrar no Youtube:

Deixo aqui o link de um excelente site do qual você pode comparar hardwares e tirar suas conclusões (infelizmente apenas em inglês):

http://www.hwcompare.com/

http://hwbot.org/compare/videocards#2245,2375,2374,2064,2049,2050-29,17

 

Karlos Jardel é instrutor na Vila Formosa, trabalha como instrutor a mais de 3 anos e também já trabalhou com consultoria de Marketing durante 5 anos e design durante 3 anos. Atualmente leciona informática e hardware.

 

Próximo

Postado por

Postagem Relacionada

116147
Máquina Gamer: você está pagando um preço justo por ela?
Olá pessoal, tudo bom? Hoje falaremos sobre máquinas gamer e vou estender esse assunto por