anterior
Tweet about this on TwitterPin on PinterestShare on LinkedInShare on Google+Email this to someoneShare on Facebook
QR CODE

Como calibrar as cores do seu monitor

post webdesign

O problema é antigo e mais comum do que se pensa: você terminou de tratar as imagens do seu site ou criou uma ilustração vibrante e com cores expressivas para ilustrar alguma página, posta a página no servidor e mais tarde, ao abri-la em outros computadores, percebe que alguma coisa está errada. As cores estão diferentes, alguns detalhes perderam a força e em alguns casos, defeitos que não havia percebido anteriormente decidem dar o ar da graça. Afinal, o que pode ter acontecido? Por que algumas imagens aparecem tão diferentes de um monitor para outro? O post de hoje vem de encontro a este assunto e vai tentar ajudá-lo a resolver esse problema.

Diferenças entre as cores de imagens podem existir por muitos fatores, alguns bem comuns como: a enorme quantidade de monitores de diferentes fabricantes existentes hoje em dia; ajustes manuais malfeitos no próprio monitor e que descaracterizam a maneira como enxergamos as cores originais; diferentes perfis de cores aplicados pelos Sistemas Operacionais ou Programas, entre outros.

Um monitor de computador é essencial para ajudá-lo a visualizar e editar suas imagens. No entanto, é seguro afirmar hoje que a maioria das pessoas simplesmente usa o perfil de monitor padrão que foi fornecido com o seu computador e não procura ajustá-lo para seus trabalhos.

Além disso, se você digitalizar imagens ou impressões através de um scanner, ou obtiver fotos de uma câmera digital, deverá saber que a maioria desses dispositivos pode possuir diferentes perfis de cores também, o que pode aumentar ainda mais a confusão. Ou seja: a visualização na tela é apenas a ultima etapa de um caminho longo em que a imagem pode ter sofrido diferentes conversões/modificações por conta dessas diferenças. Mas como fazer para diminuir essas diferenças de monitor para monitor?

Importante: o processo de calibrar seu monitor para uso profissional envolve muito mais recursos e técnicas avançadas do que as mostradas aqui. Entenda as sugestões a seguir como uma boa iniciação sobre o tema, mas se você precisa trabalhar com imagens de forma extremamente profissional, é recomendável que compre softwares mais avançados ou contrate os serviços de uma empresa especialista no assunto. Ou ainda que compre um Colorímetro – uma peça de hardware que é pousada na tela e mede fisicamente o modo como ela produz as cores. De qualquer maneira, se você é um profissional em inicio de carreira, as dicas sugeridas aqui serão um grande e importante passo inicial que irão lhe ajudar – e muito! – a minimizar problemas relativos a cores em seus trabalhos. Esses métodos, ainda que simples, são melhores que não calibrar o seu monitor de nenhuma maneira e dependendo do seu monitor, poderão produzir resultantes bastante úteis.

Antes de tudo, entenda o RGB e o CMYK

RGB x CMYK

Como deve imaginar, monitores e impressoras lidam com as cores de formas bem diferentes. Enquanto os monitores se baseiam na emissão das luzes para exibir cores através da combinação de três canais RGB (Red, Green e Blue, ou Vermelho, Verde e Azul), as impressoras utilizam o sistema CMYK (Cian, Magenta, Yellow e Black), de quatro canais de cor e que se baseiam em pigmentos (tintas) para exibi-las.  Ou seja, basicamente toda cor que vemos em uma tela é originária do padrão RGB e toda cor que você vê impressa em papel ou tecido é baseada em CMYK. Por conta dessa diferença fundamental, uma imagem que você vê na tela pode ser bem diferente da mesma imagem em sua versão impressa. Serão necessários uma série de cuidados para que essa transição, quando necessária, aconteça sem traumas. Falarei sobre esse assunto em um futuro post.

Como aqui tratamos de web design, é obvio que todos os nossos trabalhos serão exibidos em uma tela e, portanto, não faremos uso do padrão CMYK, e sim do RGB, certo? É fundamental que você tenha isso em mente antes de prosseguirmos.

Antes de calibrar as cores do monitor, ajuste o ambiente!

A busca para uma calibração adequada do seu sistema começa antes do ajuste no próprio monitor. Na verdade, começa no seu próprio ambiente de trabalho. Existem vários fatores que podem causar interferência no modo como você percebe as cores. É sabido que podemos dividir o estudo da cor em quatro áreas: Cor Química (que envolve pigmentos e suas combinações); Cor Física (que envolve a luz, a luminosidade e suas formas de projeção); Cor Sensorial (que abrange a fisiologia e a psicologia) e a Cor Afetiva,  que envolve significados que variam de cultura para cultura, atribuídos a cada cor  (e se não sabe de tudo isso, expliquei em outro post sobre cores que você pode ler aqui). Como pode imaginar, no caso de calibração de cores estou me referindo a Cor Física. E um pouco sobre Cor Sensorial também. Afinal, se a iluminação de um ambiente pode modificar a maneira como enxerga uma determinar cor, é óbvio que o cérebro também irá processá-la de forma diferente do original, certo?

Ambiente calibração de cores com interferencia

Ambiente de calibração de cores com interferencia

Por isso, sempre deixe sua mesa de trabalho livre de iluminação forte ou indevida, iluminação natural direta (como a luz que entra por uma janela, por exemplo) e procure trabalhar em um ambiente de cor neutra se possível. No momento em que iniciar a calibração das cores do seu monitor, deixe as luzes apagadas e janelas fechadas para uma melhor percepção.

Ambiente calibração de cores sem interferencia

Ambiente de calibração de cores sem interferencia

Como calibrar as cores do monitor no Windows 8

Vamos iniciar a calibração de cores com um método bem básico. Se você não dispõe ou não quer fazer uso de nenhum programa específico, saiba que o próprio Windows (em suas versões mais recentes 7  e 8) disponibiliza uma ferramenta para lhe auxiliar nessa tarefa. Na tela de Pesquisa do Windows 8, pesquise sobre “Calibrar Cores” na opção “Aplicativos”. No Windows 7, basta clicar no botão Iniciar e fazer a mesma pesquisa.

Tela Pesquisa Windows 8

calibrar cores - tela inicial

Uma janela será aberta e na tela “Avançar”, haverá um modelo com diversos círculos que exibe qual deve ser a forma correta de visualização de algumas formas baseado na correção do Gama (que indica quais cores podem ser processadas por algum meio, seja ele um monitor ou uma impressora). Observe com cuidado qual é o padrão ideal de visualização e tente reproduzi-lo na tela a seguir, deslizando o controle vertical para alterar a imagem central.

calibrar cores - gama

Após o ajuste do Gama, em seguida você deverá calibrar o Brilho do monitor. O processo é basicamente muito parecido com o anterior: em uma janela serão exibidas três visualizações diferentes e você deve selecionar a ideal. Utilize o controle deslizante para modificar os valores e tente reproduzir a melhor forma de visualização. O mesmo processo irá se repetir em seguida para o Contraste.

calibrar cores - como ajustar brilho

calibrar cores - como ajustar o contraste

Em seguida, você deverá fazer a correção de RGB, e, com as correções concluídas, poderá comparar os resultados alternando entre as opções “calibração anterior” e “calibração atual” que aparecem ao final do assistente.

calibrar cores - proporção de cores

calibrar cores - comparar

Após o término dessas configurações, o Windows ainda irá lhe oferecer a opção de ajustar a forma como os textos são exibidos em sua tela (o famoso recurso Clear type, presente desde pelo menos o Windows XP, pelo que me lembro). Deixe selecionada a opção na caixa “Iniciar Clear Type” e ajuste as visualizações de texto de acordo com as suas preferências na série de etapas que serão mostradas a você. Após selecionar as alternativas de sua preferência (não há uma regra geral aqui, o importante é indicar ao Windows qual a melhor forma de visualização de textos), clique em Concluir para finalizar o processo.

Calibrar cores do Monitor com o Calibrize

Se você não deseja ou não confia na ferramenta para calibrar cores do Windows, existem algumas ferramentas como alternativa. Uma das melhores é o programa Calibrize. Esse software gratuito auxilia você a deixar o monitor configurado com as cores corretas em poucos passos. Infelizmente não há versão em português, mas o programa é bem fácil de mexer e você não terá problemas para compreender o seu funcionamento.

calibrize baixaki

Download do Calibrize (1,15Mb)

No primeiro passo, o programa mostra para você duas imagens. Você deve regular para que o seu monitor fique com o contraste no máximo. Depois, ajuste o brilho até que o círculo cinza com fundo preto fique realmente escuro, mas sem fazer com que o elipse no fundo branco suma.

Calibrize cores abertura

Calibrize cores etapa 01

Depois de calibrar o contraste e o brilho nos fundos preto e branco, você deve pressionar “Next”. No passo seguinte o programa irá auxilia-lo a regular o equilíbrio das cores vermelha, azul e verde do padrão RGB. Para isso, você deve arrastar as pequenas barras que ficam abaixo de cada cor até que o equilíbrio entre o fundo e o círculo seja estabelecido.

Calibrize cores etapa 02

É importante que você tenha feito o equilíbrio correto do contraste e do brilho para que eles funcionem corretamente para as cores RGB. Caso contrário, as cores ficam bastante “desreguladas” e com problemas de equilíbrio. Para voltar, use o botão “Back”.

Calibrize cores etapa 03

Pronto! Quando você terminar todo o processo é só clicar no botão “Save”, encontrado no número 3. Assim, mesmo que você feche e reinicie seu computador, o novo padrão de cores será mantido.

Simples, não? Agora, se você possui mais de um monitor em casa, repita o procedimento para criar um padrão para todos eles. Outra boa iniciativa é repetir esses passos em seu ambiente de trabalho, escola, etc, para que possa visualizar as cores sempre com os mesmos padrões e qualidade.


Espero que essas dicas tenham ajudado a introduzir alguma luz sobre o assunto. Em breve, escreverei outro post exclusivamente para explicar sobre Perfis de cores e seu uso correto em programas como Photoshop, Illustrator e Corel Draw. Fiquem de olho, não esqueçam de postar suas opiniões e dúvidas nos comentários e recomendar o blog aos amigos. Um grande abraço e até o próximo post!

Próximo

Postado por

Web designer, Ilustrador e produtor visual gráfico, santista de nascimento e de coração, amo o que faço e estou muito feliz em fazer parte da equipe Microcamp.

Postagem Relacionada

Como treinar seu inglês durante as férias?
Fim de ano já chegou, as férias começaram, muita festa e comida… Mas como fica