anterior
Tweet about this on TwitterPin on PinterestShare on LinkedInShare on Google+Email this to someoneShare on Facebook
QR CODE

Black Friday e Cyber Monday  

BLACK FRIDAY

Certamente você já ouviu falar da famosa “Black Friday”, a sexta feira negra que sacode o comércio varejista em terras norte americanas e começa a se instalar no nosso país.

Black Friday é conhecido como o dia no qual o comércio aproveita para limpar seus estoques e oferecer descontos imperdíveis, por isso é um dia aguardado pelos norte americanos, que aproveitam para fazer as mais variadas compras, desde roupas, equipamentos eletrônicos, maquiagens, até carros!

 

Como surgiu essa data?

Na América do Norte é comemorado o Dia de Ação de Graças, ou Thanksgiving Day como é chamado por lá. Esse feriado consiste basicamente em um agradecimento do povo pelas graças oferecidas por Deus durante o ano que se passou, e nos EUA sempre é comemorado na quarta Quinta-feira do mês de Novembro, e nesse ano será dia 27/11.

Entenda melhor sobre o Thanksgiving no post  http://blogdoscursos.com.br/thanksgiving/

Existem diversas teorias sobre o motivo da criação dessa data, porém o mais plausível seria o caos causado nas cidades na sexta-feira após o Thanksgiving, devido ao trânsito por conta dos eventos nas cidades como jogos de futebol americano e a lotação dos comércios por conta da proximidade com o natal. Por toda essa confusão, os policiais apelidavam o dia de “Black-Friday”, ou Sexta-Feira Negra, um dia onde eles não paravam de circular e ter trabalho com a alta quantidade de pessoas pelas ruas.

Como a quantidade de pessoas nas ruas era grande, os lojistas começaram a criar diversas promoções para chamar atenção do consumidor para seus produtos, e assim, criou-se uma cultura de oferecer ótimos preços nesse dia.

Hoje, a Black Friday é o maior dia para o comércio americano no ano, as lojas faturam muito, e todos aproveitam para comprar aquele item que falta em sua casa, ou renovar algo que esteja ultrapassado.

heres-what-not-to-buy-on-black-friday tio-sam11

Como funcionam as compras nos Estados Unidos?

Nos EUA, as principais varejistas criam até organizadores de filas, distribuem senhas para os clientes, e até permitem que acampem no estacionamento das lojas até a abertura, e as lojas tem horários de abertura e fechamento diferenciados por conta do “evento”.

black friday

 

Black-Friday-Madnessblack_friday

 

 

 

 

 

 

 

Os descontos em alguns produtos chegam a 80%, o que causa uma procura absurda por itens de maior desejo, como eletrônicos e eletrodomésticos em geral.

Nos Estados Unidos, o dia já é cultural, e normalmente pessoas de todos os lugares esperam a data para economizar e turbinarem as compras de natal, de comprinhas pequenas a aquisições de produtos maiores.

Para o comércio é excelente, para o consumidor é melhor ainda, e até para o país é sensacional, a alta circulação da moeda causa benefícios para a economia, refletindo inclusive em ações de empresas e na alta da bolsa de valores e valorização do Dólar Americano.

18213_1417033094 18217_1417032743 (1)

Acompanhe as promoções americanas por esse link http://www.blackfriday.fm/

 

Veja esse vídeo do canal do Youtube Realidade Americana e veja como são os preços e a variedade dos produtos.

 

E no Brasil?

A primeira vez que ocorreu foi em 2010, com as principais lojas de comércio eletrônico do país prometendo descontos, e funcionaram muito bem, as vendas foram um sucesso, principalmente para os sites, mas para o consumidor o sucesso não foi tão grande assim e ficou conhecido pela frase…

“Tudo pela metade do dobro.”

Foi identificado por instituições de apoio ao consumidor que os sites alteravam os preços antes do evento, aumentavam o valor do produto, e após isso incrementavam o desconto, fazendo com que aquele grande desconto não fosse tão grande assim, causando desconfiança para os consumidores e até críticas de lojas pelo mundo virtual.

Nos anos seguintes continuou a mesma coisa, mas aos poucos as lojas de ruas e shoppings tentam entrar na onda dos descontos, e nesse ano de 2014 se espera ser o ano com o maior faturamento e participação dos comércios eletrônicos e lojas físicas.

Os consumidores por sua vez estão de olho: aplicativos foram criados para comparar preços reais dos produtos com os preços anunciados na Black Friday, assim é criado o parâmetro e a análise se o desconto é verdadeiro e a compra é vantajosa.

Portanto, pesquise!!!

  • No caso de computadores, leia as especificações técnicas, veja a versão dos componentes, converse com o vendedor se possível e cheque valores em outras lojas;
  • Para periféricos (mouses, impressoras etc.), verifique a compatibilidade com seu sistema operacional;
  • Celulares podem ser ótimas compras, mas verifique, pois modelos mais antigos podem estar “maquiados” com valores superiores. Os celulares novos só aceitam o NanoSIM Card, bem menor que o Chip normal, então você precisará trocar o chip em sua operadora;
  • Verifique o valor no ato da compra e se todos os descontos foram devidamente inseridos. É melhor prevenir do que correr atrás!

 

CYBER MONDAY

Diferentemente do Brasil onde a Black Friday começou pelo comércio eletrônico como já dito nesse post, na terra do Tio Sam os descontos começaram pelas lojas físicas devido ao grande movimento nas ruas, em época onde não existia a internet ou computadores pessoais.

Como a inserção da tecnologia e a internet, as lojas virtuais passaram a oferecer os descontos tanto quanto as lojas físicas, porém tiveram uma sacada sensacional que gerou mais uma grande data comercial para o povo mais capitalista do mundo, a Cyber Monday.

081201_cyber_monday1 cyber-monday2-edit Cyber-Monday-Deals-Increasing-650x433

As lojas eletrônicas também participam da Black Friday, mas seu foco é na primeira segunda-feira após o feriado de Ação de Graças. Para não concorrer diretamente com essa data cultural, os sites criaram outra data para focar apenas no comércio eletrônico e não ter que dividir atenções com as lojas físicas. Os descontos inclusive são até maiores, pois o custo de funcionários diminui, logo, o lucro acaba sendo maior, abrindo margem para descontos mais fantásticos que aplicados na sexta-feira anterior, e o setor fatura mais de um bilhão de dólares apenas nessa data.

Os itens de maior desejo na Cyber Monday são os eletrônicos, celulares, televisões e jogos são extremamente procurados.

 

E você? Já curtiu a Black Friday? Ou vai economizar para a Cyber Monday?

A grande vantagem da Cyber Monday é o conforto e facilidade de comparação de preços entre diversas lojas. As promoções também são relâmpago, mas tudo é feito através de um computador, tablet ou celular com acesso a internet, e uma grande tendência é a migração do público da Black Friday (Sexta-Feira) para a Cyber Monday (Segunda-feira).

cyber-monday-sales-top-1-25-billion-in-u-s--0c2d473545

Como fica no Brasil?

As lojas já estão anunciando em televisão e redes sociais os descontos que serão apresentados na Black Friday e na Cyber Monday, porém temos que ficar de olho aberto, como aqui as datas não são culturais, os descontos não são sempre reais, e devemos comparar os preços de semanas anteriores com os anunciados nas datas promocionais.

De qualquer maneira, separe seu cartão, procure, compare, e boas compras!

 

Espero que tenham gostado do post. Curtam e compartilhem!

IMG-20141107-WA0023

Olá, sou Diego Cesário, 25 anos. Formado em Análise de Sistemas e TI e técnico em informática, iniciei minha carreira como professor no Sesi como voluntário e não parei de dar aulas depois disso. Fui instrutor por 2 anos, e atualmente sou coordenador de informática há mais de 1 ano. No meu tempo livre, me dedico com estudos na área de aviação.

Próximo

Postado por

Coordenador da Unidade Mooca

Postagem Relacionada

qr-codes-mobile-payments-especially-popular-for-food-businesses-c79b96c145
QR Code
Olá pessoal, tudo bem? Hoje falaremos sobre QR Code, mas pra começar que tal sabermos